publicidade

A previsão da numerologia e do arcano regente para o ano de 2017:

O ano número 1 é o primeiro do ciclo de nove anos de experiência e resulta no apuro da qualificação e do desempenho baseados em suas metas.



É hora de chocar as ideias conceitualizadas três anos antes.

Para a maioria, as pessoas e experiências encontradas neste ano promovem renascimento. Para os demais, o ano concentra-se na promoção de novos esquemas e acrescenta maiores dimensões aos interesses que já se encontram correntes.

O ano de 2017 permitirá ao indivíduo amarrar, entre janeiro e agosto, as extremidades que permaneceram soltas no ano precedente. A intensificação da atividade e a clareza do propósito deste ano aumentam em setembro.


O Mês 1 – Janeiro de 2017 é marcado pela mudança e o pensamento independente. São questões-chaves para o poderoso ano. Não será a hora de se acomodar ou hesitar. O ano começa lentamente e proporciona aos eventos, reviravoltas surpreendentes que em abril alteraram as ideias deixando-as mais revigoradas e estruturadas, seja para qual projeto for. O mês de Julho oferecerá a chance de assumir o controle:

Planejar, construir e agir.

Estes atos estabelecerão, a seguir, o estágio de abandonar em agosto os compromissos que não terão sustento próprio, que não levarão a nada.


As atividades de setembro intensificaram as novas perspetivas e a necessidade de realizar mudanças para o crescimento pessoal. Entre 21 e 30 de setembro, deveremos verificar as impraticidades e abrir terreno para as novas ambições de longo prazo.

Se não forjarmos novas trilhas, áreas e métodos à frente — o que não implica limitar-se ou ouvir os conselhos alheios de cautela —, não desenvolveremos planos a serem executados durante os oito anos seguintes: os projetos ora iniciados florescerão somente no ano pessoal número 3 (2019).

A paciência é imperativa e em contraste, as uniões e parcerias ora iniciadas irão se desenvolver: ou resultarão em nova união, ou em laços desfeitos; sejam para parcerias empresariais ou afetivas. Para manter os relacionamentos correntes, podemos ter que assumir compromissos mais profundos, embora este não seja um ano para fazer sacrifícios pelos outros.


2017 é também o ano de realizar novos começos.

Durante o ano, é bom preparar o terreno para a autopromoção.

Será importante cravar um marco independente, assumir as habilidades e deslanchar as explorações trabalhando para galgar as novas metas até o fim do ano.

Será um ano muito operoso, um ano de arregaçar as mangas literalmente, fazer valer os pensamentos construtivos tornando-os materializados; não é hora de reprimir atos ou ideias evolutivas: o Livre-arbítrio esse ano é todo nosso, teremos o poder nas mãos para fazermos nossa vida tal qual almejamos, vislumbramos em 2016.

Este ano seremos arrebanhados pelas intensas mudanças construtivas se assim quisermos e permitirmos.


O MÊS de Janeiro 1

O mês de janeiro é operoso. Mês que devemos tomar a iniciativa de forma objetiva e certeira.

É o mês no qual serão realizadas todos os planos que já se encontravam em vias de ser completados há três meses, mas não foram materializados.

Vão surgir, neste mês, situações que irão colocar-nos na poltrona do motorista. Surgimento de novas pessoas, situações e ideias, estão no plano de mudanças e inícios no mês 1: enfoque direcionado aos começos.

Acorde com atitude determinada, seja dirigindo-se a um novo emprego, a um cliente potencial ou a qualquer situação que você queira promover. O enfoque novo e inteligente abrirá portas até então fechadas.

A percepção extrassensorial – PES estará aguçada o que facilitará o uso da intuição: atenha-se às convicções e não perca o controle.

As perspectivas serão novas; portanto, agarre as oportunidades que o dia oferece para ser original.

Você ficará surpreso ao notar que a ambição, a autoconfiança e os pensamentos criativos estão todos presentes no ar, e você se sentirá satisfeito e revigorado. Ative o estado de ânimo energético e independente, usando acessórios ou alguma roupa vermelha.

Acima de tudo, não seja preguiçoso. Planeje com cuidado todos os compromissos pessoais e certifique-se de ter uma meta definida. Fique atento e use as avaliações práticas para ver as suas ideias serem completadas. Como este mês tem um propósito de alicerçamento e trabalho, deve ser usado, decisivamente, para começar algo novo.


O MAGO – O Caminho da Vontade

Iniciamos o novo ciclo com a companhia do Mago, que tem como palavra-chave, Aspirar (desejar algo com intensidade).

É a expressão do livre-arbítrio, do desejo e das escolhas pessoais para a felicidade.

Este arcano maior, não reporta ao carma ou destino, mas ao único desejo pessoal, que pode estar voltado para o novo, o começo, a aquisição, a relação, crescimento de algo e/ou manipulação.

Refere-se ao momento em que desejamos algo novo e temos todos os materiais essenciais para a construção do almejado, levando em conta claro, a temporalidade e o livre-arbítrio de terceiros.

O Mago é a Manipulação concreta e, portanto, física, dos quatro elementos para a base que dará sustento no novo ciclo iniciado, e, que é composto de 09 anos:

  • Terra = Material. Referente a tudo que é tangível, sensível e obtido pelo físico. É o primeiro degrau = Ter (realização, alegria, abundância, esplendor). É a total capacidade de projetar e ter a chance de atingir os planos com prosperidade.
  • Ar = Mental/Verbal. Referente a tudo que é tangível de ser racionalizado, pensado e direcionado pela ação e expressão. É o segundo degrau = Ser (ativo, forte, poderoso e inteligente). É ser profundo em sentimentos e incansável para a realização da vontade, seja ela boa ou má, colhendo o que semear.
  • Água = Sentimental. É tudo que é sonhado, dotado de esperança e aspiração da essência. É o terceiro degrau = Estar (abundante, próspero, feliz, com regozijo). É a alegria pessoal pela abundância e prosperidade desejada, resolvendo todos os problemas com força vital e tendo a proteção do Alto dos projetos e objetivos.
  • Fogo = Espiritual. Representa tudo aquilo que é tangível de compreensão e aceito pela transcendência, que evolui por meio dela. É o quarto e último degrau = Ficar (produtivo e realizado). É a força criadora que favorece as condições materiais para a realização, fertilidade e fecundidade em todos os níveis, gerando um período de sorte e produtividade, segurança e crescimento.

O Jovem em pé é o símbolo do vigor e das aspirações lidando habilmente com as mãos (símbolo das atitudes pessoais), absorvendo toda a energia criativa universal com o seu valioso bastão (símbolo de poder mágico) para emaná-la no plano físico e prático (simbolizado pela mesa). Sobre a sua cabeça está a leminiscata, ou o chapéu, símbolo do infinito e de todas as possibilidades do Universo.

O Mago para criar sua obra, sua vida, projeto, etc, se utiliza de todas os quatro elementos, que irão se manifestar em sua forma primorosa no Arcano O Mundo, no decorrer do Ciclo vigente: moeda, pentáculo, dados, pedra ou um touro = elemento Terra = Material (bens, posses, realização prática); espada, faca, louça, machado ou anjo = elemento Ar = Mental (metas, planejamento, realização do eu inferior); taça, copo, jarra, cabaça ou uma águia = elemento Água = Sentimental (desejo, intuição, realização); bastão, vareta, raios ou um leão = elemento Fogo = Espiritual (aspiração, harmonia, realização perfeita).

Todo o simbolismo gera um grande número de possibilidades, muito trabalho, intenso livre-arbítrio, grande criatividade. Devemos estar atentos para que tudo que for iniciado seja devidamente concluído, sem dispersar para que as metas sejam atingidas, crendo em si e em suas potencialidades, analisando os fatos com racionalidade.

2017 é para colocar a mão na massa, para fluir na vida de vento em polpa, concretizando as idealizações.

Desejo a todos um intenso 2017, de muito trabalho, pés no chão, infinitas possibilidades e concretizações!

Namastê!

Cynthia Miranda Martins

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.