Comportamento

Professora diz que aluna de 6 anos fez “pintura ruim” e mãe inicia movimento nas redes sociais

professora critica garota de 6 anos

Gemma compartilhou a arte da filha explicando um pouco do que tinha passado durante sua aula favorita, quando a professora criticou seu trabalho.

O impulso e a capacidade de criar arte é um dos pontos altos do ser humano. É uma qualidade fundamental que nos diferencia do mundo animal, que torna a vida mais significativa e agradável.

Embora existam habilidades artísticas que tornam mais fácil para as pessoas trazerem sua imaginação para o mundo visível e tangível, a arte não obedece a nenhuma regra rígida e rápida. Especialmente e principalmente a arte infantil. Como pedir que crianças não exprimam aquela profusão de sensações que guardam em si mesmas, como tentar enquadrá-las em um único método de ensino, capaz de dizer apenas se as produções são certas ou erradas?

A grande verdade é que não existe certo e errado quando o assunto envolve arte. Sabemos que existem técnicas, e que, a depender de qual área estejamos falando, também existem conjuntos de referências que podem auxiliar na produção de novos projetos. Mas frear o processo criativo, principalmente de crianças e adolescentes, talvez seja uma das piores coisas a se fazer.

Para Gemma Leighton, mãe de Edie, de seis anos, a forma como a professora de artes tratou sua filha acabou virando uma história viral, tomando outras proporções, e chegando até mesmo a se tornar uma espécie de manifesto. Tudo aconteceu quando a pequena voltou para casa chateada depois de sua aula de artes, a sua favorita.

2 68

Direitos autorais: Reprodução/@EdiesArt.

A professora aparentemente teria dito que Edie tinha executado o desenho de maneira “errada”, o que fez com que ela se sentisse chateada com o ocorrido. Revoltada com o que tinha acabado de acontecer, Gemma decidiu criar um perfil para a filha no Twitter, explicando um pouco da situação e compartilhando suas artes com o público.

Em pouquíssimo tempo, a história acabou se tornando viral, e os usuários ficaram tão indignados com a situação quanto a mãe. Foram vários os seguidores que compartilharam experiências similares na escola, quando tiveram seu potencial criativo estilhaçado por professores que querem apenas seguir fórmulas e regras.

Os internautas fizeram questão de mostrar a Edie que ela não estava sozinha, e que além de fazer obras de arte magníficas, tinha amplo espaço para experimentar e vivenciar tudo aquilo que desejava nos desenhos. Em busca de fazer com que a menina se sinta confiante, as pessoas passaram a comentar e elogiar cada trabalho.

2 Professora diz que aluna de de 6 anos fez pintura ruim e mae inicia movimento nas redes sociais

Direitos autorais: Reprodução Twitter.

Além disso, outros falaram sobre os artistas famosos que também tiveram problemas em se encaixar nas regras, e em como certos aspectos de seus desenhos lembravam obras famosas, com importantes referências. Outros artistas também aproveitaram o espaço para falar um pouco sobre o que passaram durante a infância, que poderia muito bem tê-los tirado completamente do caminho que queriam seguir.

3 51

Direitos autorais: Reprodução/@EdiesArt.

A compositora Kimya Dawson, mais famosa por suas músicas no filme Juno, compartilhou que um professor de inglês do ensino médio disse a ela para parar de escrever poemas porque eles eram “muito juvenis”. Mesmo assim, ela escolheu nunca parar de escrever poemas rimados, e é assim que tem encarado sua carreira profissional há 20 anos.

Até o guitarrista do Kiss, Paul Stanley, ofereceu palavras de encorajamento a Edie. Dizendo que sua arte era incrível, ele reforçou que não existe como fazer arte “errado”, e que apenas os professores se colocam em uma posição errada se passam a adotar essa postura. Para o artista, ela deve continuar fazendo exatamente aquilo que desejar, e ainda finalizou dizendo que amava aquilo.

1 75

Direitos autorais: Reprodução/@EdiesArt.

Leighton criou uma conta no Twitter chamada Edie’s Art para as pessoas compartilharem obras de arte infantis e, graciosa, é uma delícia de ler. Não há nada mais puro, mais colorido, mais cheio de vida do que a arte que veio da imaginação de uma criança. Eles podem não ter as habilidades técnicas para criar perfeitamente o que imaginam em suas mentes ou o que estão buscando inspiração, mas isso é parte do que o torna tão bonito. Eles ainda não são autoconscientes o suficiente para se conter, e sua arte vem de um lugar de confiança e aceitação de suas próprias habilidades – isto é, até que algum adulto apareça e esmague seu espírito artístico.

0 %