publicidade

Protetor que resgatou 17 pitbulls na rinha de mairiporã precisa de ajuda para tratamento dos cães

A rinha de Mairiporã (SP) segue viva na mentes e coração de muitos de nós.



O acontecimento do dia 14/12 chocou os brasileiros que até hoje estão sem entender a crueldade dos organizadores das lutas ilegais, que acabaram por deixar muitos pitbulls mortos ou em grande debilidade.

Até mesmo os policiais, acostumados com situações graves, choraram de tristeza e emoção ao encontrar os cães tão feridos e ainda assim pedindo carinho. Esse vai ser um momento de que não nos esqueceremos facilmente, mas a movimentação para resgatar e apoiar esses cães traz um conforto para nós.

Como já sabemos, a protetora animal Luisa Mell resgatou 11 cães e ofereceu tratamento para eles por meio de sua fundação, mas ela não foi a única a se prontificar.

Outro protetor, Alessandro Desco, também fez uma grande ação e resgatou 17 dos animais encontrados no local.

 


Ver essa foto no Instagram

 

➡️➡️➡️➡️ Arrasta para ler tudo.


Uma publicação compartilhada por Pits Ales (@pitsales99) em

Alessandro trabalha com resgate e tratamento de pitbulls há cerca de 12 anos. Com residência e ONG em São Paulo, ele é bastante acompanhado por amantes e outros protetores de animais nas redes sociais, e seu trabalho na rinha de Mairiporã tem dado ainda mais destaque para o seu amor e dedicação aos animais.

Muito do trabalho de Alessandro, por meio da Pits Ales, é possível graças ao apoio das pessoas que se sensibilizam com a causa animal e lhe fazem doações, seja de dinheiro ou materiais, e agora, com o resgate desses animais, ele precisa mais do que nunca do apoio das pessoas.

De acordo com uma reportagem feita logo após o resgate desses cães e postada no Instagram do protetor, o custo diário de apenas um cão em estado sério, contando internação, intervenções e medicações, pode chegar a até R$ 3.000,00.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Pits Ales (@pitsales99) em

É um valor muito alto, mas Alessandro faz questão de cuidar muito bem de todos os cães que resgata, e para isso pede ajuda.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Arrasado de não poder pegar mais. Cansado. Preciso de vcs muito. Ajudem por favor ?? #pitsales

Uma publicação compartilhada por Pits Ales (@pitsales99) em

Além de oferecer o tratamento médico, Alessandro também trabalha com a ressocialização dos animais, ensinando-os a confiar novamente em humanos, para que possam ser adotados por quem lhes poderá oferecer o amor que merecem.

Esse tratamento pode levar anos, dependendo do trauma, o que significa que deverá arcar com os custos desses animais por mais tempo, mas ele não desiste de nenhum.

Alessandro demonstra muita responsabilidade e seriedade em seu trabalho com os cães, e faz questão de postar todas as novas atualizações, seja sobre o estado de saúde dos animais ou de doações, no Instagram da ONG, onde muitos apoiadores interagem constantemente.

Muitas doações já foram feitas aos cães resgatados por Alessandro. Famosos e pessoas comuns se sensibilizam com a situação dos animais e fazem contribuições para pagar as despesas, mas para garantir que todos tenham chance de viver da melhor maneira possível, mais apoio é necessário. Este é o momento de nos unir pelos animais, de demonstrar que existe muito amor e carinho de nossa parte para oferecer a eles, e nos desculpar por tudo o que tiveram de passar.

É o momento de apoiarmos e divulgarmos o trabalho de protetores, que agem como os anjos da guarda desses cães, e contribuirmos da maneira que pudermos para que eles consigam realizar o seu trabalho de forma adequada.

Compartilhe este texto em suas redes sociais e dê visibilidade a esse trabalho tão sério e importante que vem sido desenvolvido por Alexandre, e ajude-o a salvar a vida desses pitbulls.

Os animais merecem o nosso melhor de nós e, neste momento, é nossa missão oferecer isso a eles.

 

 Direitos autorais da imagem de capa: reprodução Facebook/Pit’s Ales.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.