3min. de leitura

Psicologia e autoestima: qual a relação?

A sociedade em que vivemos atualmente preza muito pela beleza em suas mais variadas formas e isso interfere diretamente em nossos comportamentos, na nossa forma de nos relacionarmos com nós mesmos e com o mundo.


Em minha opinião, isso gera um viés positivo e um negativo.

No primeiro, percebe-se a importância de se cuidar, de se sentir bem, de gostar de quem se é. Com isso, nós sentimos belos, valorizados o que é muito bom para a autoestima, para nos mantermos ativos e motivados diariamente.

Quando nos sentimos bem (estética e psicologicamente falando), parece que as coisas em nosso redor fluem quase que naturalmente, gerando conforto e bem-estar.

Em contrapartida, o viés negativo também tem um grande peso em nossas vidas e, de certa forma, me preocupa. Como nossa sociedade valoriza a “cultura da beleza”, muitas vezes somos reféns de modos predeterminados de agir e viver, estereótipos carregados e também de padrões, dizendo o que é mais adequado, mais aceito ou “mais bonito” e tudo aquilo que estiver fora ou for diferente, é visto de forma preconceituosa e hostil.


Esse aspecto também merece atenção, pois, isso acaba gerando uma pressão, uma determinação que nem sempre todos querem e/ou podem cumprir.

Por não estarem dentro dessas determinações, muitas pessoas sentem-se massacradas, reprimidas e isso pode trazer consequências graves como transtornos de humor (depressão, ansiedade), transtornos alimentares (anorexia, bulimia), dificuldades de relacionamento (isolamento) e até questões mais graves.

Acredito ser fundamental trabalharmos a nossa autoestima. Focar no potencial e nos aspectos positivos das pessoas, pois isso influencia diretamente em nossos pensamentos, sentimentos, comportamentos e principalmente em nossas ações. Para isso, precisamos nos (re)conhecer e nos aceitar da maneira que somos.

E claro, é importante ressaltar que quando se trata de beleza, não é apenas a beleza física que conta, mas também a de personalidade, caráter. Trata-se de quem nós somos.

Vamos nos ajudar? Juntos somos mais fortes!



Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: jozzeppe / 123RF Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.