“Escolher também é renunciar”



Muitas mulheres tem o instinto de colocar outras pessoas ou situações na frente delas mesmas. Geralmente é a família em primeiro lugar, a profissão em segundo e todas as outras tarefas que nunca terminam ficam em terceiro lugar.

Como resultado, este comportamento se torna uma bola de neve que fica cada vez mais difícil se desvencilhar. Chegou a hora de tirar o pé do acelerador e voltar-se para você mesma.

A excelente notícia é a de que quando cuidamos primeiro da gente, a gente está fazendo um bem para todos que estão à nossa volta.


Ás vezes as pessoas acham que cuidar de si mesmas parece egoísmo, mas se você parar para pensar na possibilidade de ficar doente, por exemplo, quem fará as coisas maravilhosamente bem que só você consegue fazer? Se você não está feliz, você acha que a sua produtividade não estará comprometida?

Não precisa ter medo, você não precisa fazer mudanças drásticas na sua rotina, é só começar com pequenos ajustes que coloca suas escolhas em primeiro lugar.

Comece com algum que seja fácil de incorporar no seu dia a dia para que você não se sinta culpada caso você tenha tarefas prioritárias para cumprir. Aos poucos vai adicionando mais ajustes. Você irá notar mudanças e irá começar a ver que não tem nada de egoísmo escolher cuidar da sua mente, do seu corpo e da sua alma.



ESCOLHA A SANIDADE

Quando você se depara com as tarefas de casa, por exemplo, como você responde à essas perguntas:

  1. Quão cansada eu estou?

  2. Sua mente precisa de um descanso?
  3. Quão importante é arrumar a sua casa neste momento?
  4. Será que vale a minha sanidade mental?

Sanidade parece uma palavra forte para ser usada numa situação como “arrumar a casa”, mas você precisa prestar atenção no poder que essas simples tarefas tem na sua vida. Muitas vezes você nunca parou para pensar que poderia fazer em outro momento, simplesmente pelo fato de “ter que fazer”, porque estamos acostumados com essa cultura do “ter que fazer algo…” mesmo quando você chega do trabalho cansada e exausta.


BUSQUE EQUILÍBRIO

Mulheres são excelentes para fazer mil coisas ao mesmo tempo. E às vezes, quando mais fazemos, mais temos a sensação de que estamos passando a nossa imagem para o mundo de mulheres fortes, responsáveis, completas e capazes de dar conta de tudo que “jogam” no nosso caminho. E então, nós sofremos e para dar conta de tudo isso, de toda essa imagem, temos que nos deixar de lado outra vez. E quanto mais eu faço, mais eu me vejo assumindo cada vez mais tarefas, tornando então um ciclo sem fim, que pessoa nenhuma no mundo em equilíbrio conseguiria dar conta sem que não houvesse um reflexo negativo em sua vida. Chega que querer provar a sua capacidade para as pessoas. Você precisa provar para você mesma que é capaz de cuidar de você mesma!


Além disso, tem uma questão muito importante que as pessoas, às vezes, não tem consciência, que é a necessidade de sempre se manterem ocupadas porque se acostumaram a isso. Em algum momento, isso pode se tornar um problema, porque as pessoas não conseguem mais não fazer algo e sentem na obrigação de se manterem sempre muito ocupadas, talvez por não se sentirem bem com elas mesmas. Afinal de contas, essa relação com elas mesmas está abalada e não cultivada. E elas entram em conflito quando precisam estabelecer um equilíbrio entre:

  1. Trabalho / Lazer
  2. Hora para crianças / Hora para se relacionar com o marido, amigos, família, etc

  3. Organizações gerais / Meditação
  4. Ajudando às pessoas / Cuidando de você mesma


E para ajudar nessa “volta para casa”, nesse retorno à você mesma, eu proponho um exercício agora para este cuidado com você mesma.

EXERCÍCIO

Todos os dias você vai escolher uma atividade que você gosta de fazer e que te traga prazer.

Quando escolher você irá se comprometer em seguir a risca essa tarefa de escolher você para se dar um presente, um momento que te traga satisfação.


Se você estiver resistente dizendo: “eu não tenho nada do que goste de fazer”, eu vou te dar umas ideias para você começar com as suas também:

– Assistir um filme

– Comer uma refeição deliciosa ou até mesmo prepará-la

– Tomar uma taça de vinho

– Ler um livro

– Comer um chocolate que você tanto ama

– Ligar para alguém que voe gosta de conversar

– Ler revistas sobre os temas que você gosta

Eu particularmente AMO estes momentos que eu me dou de presente todo santo dia à noite. E quando eu chego do trabalho, com mil coisas ainda para fazer em casa, eu fico na expectativa deste momento em que me permito cuidar de mim mesma. É bom p meu corpo, para a minha mente e para a minha autoestima.

E você pode ter certeza de que se você está feliz a felicidade se infiltra na vida de todo o mundo.

 “O futuro não é um lugar para onde você vai, mas um lugar que você está criando.

___________

Por: Renata Cappai – Via: Repage.com.br

Você sabe separar as coisas? ou você se envolve no drama do outro?

Artigo Anterior

Carta aos adeptos a relacionamentos sérios:

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.