8min. de leitura

QUAL SEU ESTADO DE ESPÍRITO?

A palavra espírito se origina do latim spiritus, que significa respiração. O termo estado de espírito pode, então, ser literalmente entendido por estado de respiração. O espírito se manifesta na respiração. Um e outro são a mesma presença. Quando paramos de respirar, o espírito se desprende da matéria.


Quase ninguém está atento ao seu fluxo respiratório e não reconhece a importância que a respiração tem, como referência de sua condição espiritual. O estado de espírito que o move, de saúde ou enfermidade, de plenitude ou sofrimento.

Repare como sua respiração é alterada por seus estados emocionais. Quando você leva um susto, a respiração trava; quando está em um ambiente agradável junto à Natureza, você inspira e expira profundamente. O medo paralisa sua respiração e o seu contato com o meio externo, enquanto o bem estar e a sensação de prazer se avolumam com o fluxo respiratório profundo, que traduz sua relação saudável com o ambiente. O prazer ou a dor que experimentamos na vida é manifestado no estado de espírito ou estado de respiração.


O Sistema Nervoso Central é responsável pelo fluxo respiratório e tem sua porção metabólica e autônoma no cérebro reptiliano e uma contraparte voluntária, regida pelo córtex e neocórtex. São inteligências que trabalham conjuntamente. O nosso cérebro mais primitivo que é comandado pela inteligência do corpo físico e sua fisiologia e as inteligências contidas nos cérebros emocional e racional, interferindo incisivamente no fluxo respiratório e no estado de espírito.

São influências sutis e materiais, advindas dos mundos da abstração e terreno. O corpo e a mente agindo na condição do ser. Somos corpo, mente, espírito e respiração. Assimilamos oxigênio e energia. A respiração é um processo vital, através do qual nos vinculamos com o meio externo. Tanto a respiração celular quanto a aeróbica fazem parte dessa relação de troca, indispensável, entre espírito encarnado e o planeta, que é o seu mundo terreno. O estado de espírito refletirá a qualidade desse relacionamento.


Envolve diversos aspectos do ser integral, como sua atitude na vida como um todo. Podemos nos sentir deprimidos, tristes, desmotivados, cansados, ansiosos, eufóricos, nervosos. Uma dor é capaz de tirar qualquer pessoa do sério. Um acontecimento infeliz, um problema familiar, um arroubo de raiva e tantos outros desencadeadores diários que nos abalam.

São decepções e anseios que vivenciamos e alteram o estado do nosso ser integral, o estado de espírito ou estado de respiração. O excesso de pensamentos, a ruminação mental, interfere desfavoravelmente. Quando a mente fala demais, toma o lugar da respiração. Também, são influências determinantes, os alimentos consumidos, a postura corporal que adotamos, a qualidade de vida. Uma postura corporal de timidez, com o encolhimento da região peitoral e ombros, tornam a respiração superficial.

Existe interatividade entre os elementos formadores e mantenedores do ser integral e o resultado expresso no estado de espírito ou estado de respiração. Há a associação entre o fluxo respiratório e o grau de saúde e plenitude, que se apresenta em conformidade com o estado de espírito e este, por sua vez, é o espírito em ação. É necessário mudar o padrão respiratório, quando estamos desequilibrados, seja, no âmbito físico, energético, emocional, mental ou espiritual. Podemos atuar positivamente em nossa condição geral de saúde desta forma. Interferimos no estado de espírito pela atividade respiratória.

O estado de respiração altera o estado de consciência. Stanislav Grof, médico psiquiatra, um dos principais representantes da Psicologia Transpessoal, desenvolveu a prática de respiração holotrópica para atingir estados alterados, utilizados em sua clínica para tratamento.

Para o Yoga, a saúde é promovida pela integração entre corpo e mente, sendo que, neste contexto, a mente é a consciência expandida e desperta, que alcançamos com a aniquilação do ego e de seu plano mental alienado e doentio. Suas práticas são voltadas para que possamos atingir o estado de yoga ou estado de união corpo/mente e a respiração é o elo.

Quando respiramos assimilamos o prana, a energia vital conhecida e evidenciada no Yoga e na Ayurveda, medicina da longevidade. O prana nos permite a manifestação. É responsável pela manutenção da saúde do corpo energético, molde do corpo físico. Assimilamos o prana pela respiração, alimentação, exercícios físicos e respiratórios, contato com a Natureza.

Os pensamentos e as emoções podem beneficiar ou contaminar o corpo vital, tanto quanto as energias deletérias advindas dos ambientes e de outros espíritos. O estado de espírito é o estado de respiração que nos concede energia e vida. O corpo físico, as emoções e os pensamentos determinam o estado de respiração, tanto quanto o fluxo respiratório condiciona o estado de espírito e a saúde.

A yogaterapia, a acupuntura, a psicoterapia orientalista, têm como objetivo, na prática transpessoal, alterar e tratar o corpo e a psique, modulando e reparando as disfunções, atuando no estado de espírito, o estado de respiração que envolve a interrelação entre os corpos físico, energético, emocional, mental e espiritual.

Os transtornos psicológicos e físicos, vistos por este prisma, podem ser tratados e curados quando alteramos o estado de respiração e o estado de espírito. Captação, assimilação e distribuição da energia vital no corpo físico e nos corpos sutis. Alguns sintomas como angústia, opressão no peito e falta de ar, são comuns à maioria dos casos.

A primazia do corpo ou da mente, do espírito ou da matéria, é substituída pela primazia da consciência, que abrange todas as facetas do ser integral. O homem espírito se faz vivo e manifesto em seu estado de espírito ou estado de respiração.

Convido você a observar mais o seu fluxo respiratório, o seu espírito. O autoconhecimento que tanto buscamos, seja para a saúde do corpo, da mente ou da alma, carece de um espírito livre, capaz de olhar para si mesmo e compreender o seu significado.

Namastê!





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.