AmorO SegredoRelacionamentos

”quando a gente gosta é claro que a gente cuida…”

quando a gente gosta

Será?



Já parou para pensar se realmente está cuidando de quem você gosta (ama)?

Será que está dedicando tempo suficiente para seus relacionamentos afetivos (filhos, família, marido (esposa), namorado (a), amigos)?


Aí você vem com “desculpas” dizendo que o trabalho lhe sobrecarrega, ou que as pessoas não retribuem o seu amor e por isso está cansado (a) de se doar tanto…

Queridos amigos…

Não se sabotem com justificativas vazias, pois isso os afastará cada dia mais e quando despertarem pode ser tarde demais!

Digo isso porque o nosso ego adooooooooooooora encontrar muletas para ficar na zona de conforto, sempre culpando os outros e o mundo por nossa infelicidade. Entendam que cabe a nós dar o primeiro passo, então não fiquem esperando que o outro o faça, porque tudo na vida parte da premissa de que nós temos de SER para TER.


O que é isso?

Se quisermos que o outro nos ame, cabe a nós nos amarmos verdadeiramente e ser humildes ofertando o nosso amor sem esperar nada em troca.

Ah, mas aí já é demais! Vou ficar me doando e “perdendo o meu tempo” por alguém que não reconhece o meu amor! – vocês devem estar pensando.

Ora, mas se vocês se amam verdadeiramente o amor do outro é apenas o reflexo do amor que sentem por si mesmos. Compreendem?


Essa “dependência afetiva egóica” é que os torna vulneráveis e passam a buscar no outro essa autoafirmação de amor próprio tornando-os carentes.

Desculpem queridos amigos, mas isso não é amor é pura ilusão egóica.
Vendem-nos diariamente uma imagem deturpada do que é o amor, por isso milhares de pessoas no mundo encontram-se doentes e depressivas, pois por não compreenderem que é de dentro para fora que o amor se manifesta compram essa falsa ideia de que o amor está no outro, de que é o outro que tem de suprir o vazio existencial que sentem…

Despertem!


Nosso Mestre Jesus já dizia:
-Amai o próximo como a ti mesmo!

Se você não se ama de verdade como vai amar as pessoas que estão ao seu redor?

O outro é o reflexo de nós mesmos. Se nos amamos, naturalmente esse amor será sentido pelas outras pessoas. Se nos amamos, naturalmente compartilharemos desse sentimento com as outras pessoas, não será um esforço, não haverão cobranças, apenas a troca energética do sentimento mais puro que existe no mundo…


Amorosamente
Sueli Zanquim


Gratidão!

Artigo Anterior

16 passos para abandonar pensamentos suicidas

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.