Quando deixa de ser amor…

Deixa de ser amor quando o outro se torna a tempestade na tua vida quando deveria trazer calmaria, quando o outro é só mais alguém te tira a paciência depois de um dia estressante.



Deixa de ser amor quando quem deveria ser uma das poucas pessoas capazes de te acolher, de te tirar o medo e te dar coragem pra seguir em frente, se torna uma pessoa que te deixa de lado quando mais você precisa, que te culpa ao invés de entender os seus problemas e que te ponha medo ao invés de segurar a tua mãe e seguir com você.

Deixa de ser amor quando o outro deixa te se importar com a tua dor, quando se torna insensível o bastante pra não entender quando o momento que você precisa de um abraço.

Deixa de ser amor quando você espera encontrar abrigo no outro e encontra, na verdade, receio. Às vezes você se sentirá sozinho, fraco e vulnerável, e precisará de paz, de um beijo que te faça esquecer os problemas da vida, de uma companhia que te traga felicidade, e deixa de ser amor quando o outro só consegue te trazer tristeza.


Deixa de ser amor quando você não consegue se sentir inteiramente seguro ao lado daquela pessoa, porque foram tantas mentiras, enganações e machucados, que você não sabe se estar ao lado dela é mesmo a melhor opção. Deixa de ser amor quando você duvida desse sentimento, a ponto de se perguntar o motivo que ainda te faz permanecer com aquele alguém.

Deixa de ser amor quando se perde o sentido, e por mais que você se esforce tentando encontrar motivos e razões pra ficar, você começa a perceber o quanto a relação perdeu o sentido.


Deixa de ser amor quando você chora mais que sorri, quando você não consegue dormir direito porque passou a noite inteira brigando e não houve entendimento algum. Deixa de ser amor quando as brigas são mais frequentes que o carinho. Quando o outro não se importa com as suas lágrimas, quando a tua tristeza não incomoda o teu parceiro e quando a tua saudade dói ao ponto de te deixar confuso e com medo de perdê-lo pra outra pessoa. Deixa de ser amor quando se torna posse. Quando o outro deseja que você se torne alguém exclusivamente dele, que esteja disponível sempre quando ele precisar. Deixa de ser amor quando o outro passa a pensar somente em si mesmo e acaba esquecendo de você, quando o outro quer que você se molde aos gostos dele porque não aceita que você, possuiu os seus gostos também. Deixa de ser amor quando não ocorre a negociação, quando nenhum dos lados cede, quando o orgulho ofusca a cumplicidade.

Deixa de ser amor quando o outro mente pra você sem pensar na tua dor, quando o outro omite coisas e quebra a tua confiança, quando te pede desculpas por fazer as mesmas coisas de sempre, porque isso prova o quanto essa pessoa não se importa contigo. Deixa de ser amor quando o outro não se interessa pela tua vida, quando o outro não admira os seus sonhos, não acredita na tua capacidade de alcançar o que sonha. Quando o outro deixa de ser a leveza do teu mundo e se torna só mais um peso. Quando deveria te fazer se sentir especial mas só consegue te colocar pra baixo. Deixa de ser amor quando você passa a se perguntar se aquilo que vocês sentem é mesmo amor ou apego. E essa dúvida se torna cada vez maior até o ponto em que você começa a acreditar na segunda opção. Deixa de ser amor quando definitivamente quando vira nó e deixa de ser laço.

________

Publicado Originalmente em: Iandê Albuquerque

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.