publicidade

Quando ganhamos na vida…

É assim, jamais pensei que fosse. Imaginei outro enredo para esta história, nem tive tempo… Fui surpreendida pelas mudanças.



Agora é oficial. Você se foi e nem disse adeus, me magoou da pior forma, foste cruel, vivi um sonho a sós, dizem que isso acontece quando iniciamos nossa libertação emocional, a bem da verdade é que doeu muito e talvez ainda doa, nesse misto de confusão, aqui estou… Agora tranquila, sem querer entender o que houve pra você ter agido dessa forma. Será que valeria a pena entender? Valeu a pena pra você?

Você nem tem ideia do caos que minha vida ficou. Das noites sem dormir. Das lágrimas e lembranças que assolaram a minha mente. Mas sabe qual foi à parte boa disso? É a certeza de que não preciso de você, que são atitudes como as suas que ensinam que tipo de pessoa a gente deve se afastar. Sim, isso mesmo. Aprendi que a confiança é algo que se cultiva todos os dias, e que, no mínimo deslize, tudo o que se investiu se fragmenta dentro da gente.

QUANDO GANHAMOS NA VIDA FOTO 01

Agora me resta tempo de sobra para curtir minha própria companhia, ele mesmo. Aquele tempo precioso e verdadeiro que dediquei a você com afinco. Aquele que você desperdiçou em outra companhia e nem se preocupou em saber o que eu sentiria quando descobrisse.


Uma coisa é certa. Ninguém sustenta a máscara por muito tempo. A mentira foi descoberta e você achando que eu estava perdendo… EU GANHEI… Ganhei a mim!

O amor não é uma aposta de loteria que você escolhe os números e cruza os dedos. Lembra!? Você sempre jogava os mesmos números por que procurava ganhar na sorte. A vida não é assim. Não existe a sorte. O que existe de firme é o nosso caráter e com ele vêm os grandes prêmios. Talvez se você mudasse suas atitudes você ganharia muito mais. Sabe qual o pior perdedor? É aquele que acha que tem senso de justiça e provoca a derrota alheia. Você acha que isso minimiza seu erro? Cuidado para não ser assombrado com a culpa do que não fez, do que não lutou e principalmente do que abandonou covardemente e nem olhou para trás.


Acha mesmo que sou aqueles números repetidos que entraram e saíram da tua vida sem deixar nada? Que sempre estiverem em tuas mãos pra você jogar quando fosse conveniente?

QUANDO GANHAMOS NA VIDA FOTO  O2

Lamento. Sou bem mais que isso… Eu apostei alto, dei a cara a tapa, paguei o preço. Não me arrependo, dei o melhor de mim por que acredito que esse é o limiar das coisas do coração, se não tivesse entrega não seria eu, eu não sou o seu bilhete, nem sua sorte grande e muito menos os seus números.

Posso me fragmentar, mas ao me recompor serei outra mulher bem mais intensa e tão inteira quanto à primeira foi.  Vivo o que é necessário viver, isso me torna melhor! Madura, segura de mim… Ai Deus! E você sempre me chamando de insegura, que eu precisava confiar mais, quando na verdade você nunca teve segurança dos seus sentimentos por mim… e ai!?

O jogo virou.

Quem acha que ganha perde e quem perdeu GANHOU.

Eu sou aquilo que pouca gente conhece, sabe aquela raridade que todo mundo procura e não sabe segurar. Tão simples, mais tão intensa, assim sou EU.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.