4min. de leitura

Quando lhe atirarem pedras, retribua com flores…

Mesmo se não formos vítimas de ataques negativos, mas apenas de indiferença ou descaso com nossa presença e atuação no mundo, envie flores, envie uma prece amorosa e desenvolva o hábito de querer bem a todos os seres humanos. Seja um distribuidor de flores amorosas, coloridas, sortidas e perfumadas.  


“Quando lhe atirarem pedras, retribua com flores”. O título é simbólico, porém demonstra que podemos neutralizar energias, vibrações maléficas, negativas vindas de outras pessoas em nossa direção.

Porque quando somos alvos de energias negativas vindas de outras pessoas, seja por qual motivo for, se nós reagirmos no mesmo tom, na mesma energia revidando o ataque, aí sim seremos atingidos em cheio, no centro do alvo, “na mosca”, como se diz.

De outra forma, se em vez de revidarmos no mesmo tom ao ataque, enviarmos uma prece amorosa para essa pessoa ou grupo, nós estaremos enviando flores a quem nos atirou pedras e este é o santo remédio que pode curar a humanidade de seus piores males, suas piores doenças e não são as doenças do corpo, mas da alma que o habita.


Mesmo se não formos vítimas de ataques negativos, mas apenas de indiferença ou descaso com nossa presença e atuação no mundo, envie flores, envie uma prece amorosa e desenvolva o hábito de querer bem a todos os seres humanos, seja um distribuidor de flores amorosas, coloridas, sortidas e perfumadas.

Não é preciso ter um motivo para fazer o bem, para enviar amor incondicional através do olhar, do pensamento, do gesto, da ação, da palavra pacífica, conciliadora e consoladora.

É possível, sim, enviar e distribuir as flores, as mais belas que tiverem brotado no jardim do seu coração, sem motivo, apenas distribua por onde passar e seja mesmo que uma faísca a iluminar os obscurecidos corações, endurecidos, aparentemente sem sentimentos em sua superfície mas com um grande potencial de luz e amor a algumas camadas mais profundas.

Todos nós, sem exceção, possuímos esta fagulha divina de amor que ilumina nossos corações, nossas almas, nossos espíritos e por mais que alguns seres humanos não demonstrem isso, em nenhum momento de suas vidas, a fagulha está lá dentro daquele coração endurecido, escondida, bloqueada, mas está lá viva.


Portanto se nossos irmãos precisam de ajuda para reconhecer e redescobrir esta fagulha em seus corações, vamos ajudá-los. Sim, nós os ajudaremos com nossos exemplos de vida, através de nossas atitudes e comportamentos e, juntos, ajudadores e ajudados, vamos construir um mundo melhor a partir de nós, de nossos corações.

Sejam felizes, distribuam as flores do jardim de seus corações e mudem o mundo!


Direitos autorais da imagem de capa:  pixabay / CarinaChen-4974913





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.