Quando nos percebemos indiferentes às más energias, é sinal de nossa evolução…

3min. de leitura

Como é fácil e simples entrar em uma energia pesada, em um campo de forças que atraem coisas desagradáveis, em um uma vibração baixa. E, às vezes,nós mesmos provocamos estes acontecimentos. 

A paz está reinando e, de repente, uma palavra, um gesto consegue mudar tudo.



Já reparou como um acontecimento, dos vários que ocorrem em um dia, consegue nos tirar o foco, tirar do sério, tirar o riso e nos deslocam para outro campo, o das reclamações e raiva?

Mas nós conseguimos, devagar, com outra postura, afastar  dessa onda de coisas desagradáveis.

É um exercício, uma prática diária prestar atenção em nossa vida, atos e pensamentos.

Como eu estou neste momento? O que estou pensando? E quando o pensamento não for bom ou positivo eu me pergunto: Por que estou pensando isso? Posso mudar?


Quantas vezes nos pegamos com ideias insensatas, padrões vibracionais que nos assustam. Mas se chegamos a nos deparar com isto, é sinal de que estamos alerta para o que se passa em nossa mente. E isto já é um grande passo.

Aprendi que quando mentalmente proferimos a palavra Deus, ela emana uma vibração da sua presença. E se pensamentos tristes, obscuros, egoístas passam por mim, eu já deixo um aviso para mim mesma: este pensamento não é de Deus. E se insistir eu peço a Ele para que me mande outros pensamentos, boas vibrações e leve minha mente para outro caminho.

É bom proferir palavras sutis, bonitas, tê-las em nossas anotações, cantar uma canção com letras, alegres, inspiradoras, buscar uma orientação em um livro, conversar com uma pessoa do bem. Boas palavras vivificam o próximo e a nós mesmos. Importante estar próximo de quem vibra positivo e emite boas energias.

Mas que sejamos nós, as pessoas que fazem isto acontecer. Que não esperemos as palavras bonitas do outro. Que não parta de nossa mente, nossa boca e nossos atos a insensibilidade e a falta de amor. É preciso encontrar esta consciência de nós mesmos e nossa tarefa diária é perceber as vibrações e o que fizemos com elas. E que, se não for para contribuir, pelo menos que sejamos silêncio e quietude.


O mundo precisa de mais sutileza e menos agitação.

____________

Direitos autorais da imagem de capa: mariyaermolaeva / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

* Matéria atualizada em 05/07/2017 às 17:29






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.