Relacionamentos

Quando uma pessoa quer estar em nossa vida, não precisamos persegui-la

quando uma pessoa deve estar

Se uma pessoa não deseja estar em sua vida, persegui-la não fará a menor diferença.



Insistir para alguém estar em nossas vidas ou apenas deixar ir e ver o que acontece? Todos nós já nos encontramos nesse dilema pelo menos uma vez na vida. Seja no campo das amizades ou do amor, essa é uma dúvida frequente no coração de muitas pessoas.

Vamos usar um exemplo para esclarecer melhor a situação. Você tem um amigo que está muito apaixonado por uma garota que não lhe dá muita atenção. Será que ele deve desistir ou insistir para que ela possa conhecê-lo melhor e quem sabe desenvolver um sentimento por ele? As opiniões podem divergir muito. Por um lado, ela realmente pode precisar de um tempo para conhecer melhor seu amigo para se apaixonar, mas por outro lado, se ela ainda não lhe deu uma oportunidade, por que insistir ajudaria em algo?

Perseguir uma pessoa não nos faz bem. Afinal, quem é que gosta de ficar esperando por uma resposta, uma mensagem ou ligação, na dúvida se o resultado será positivo ou negativo?


Ninguém gosta de sempre procurar e fazer planos com alguém que não demonstra o mesmo interesse. Ninguém gosta de tentar e tentar e ver seus esforços irem por água abaixo. Chega um momento em que cansamos de tentar provar nosso valor a alguém que nunca se interessa.

Se você está passando por um dilema como esse, tente comparar esse relacionamento com os outros em sua vida. Compare com uma amizade verdadeira, por exemplo. É muito difícil se conectar com seus amigos? Você precisa se esforçar muito para ter notícias sobre eles e fazerem coisas juntos? Provavelmente não, não é? As coisas tendem a se encaixar naturalmente com nossos amigos. Não temos um medo constante de perdê-los.

Em algum momento da vida, nós aprendemos que tipo de companhia realmente desejamos. Sabemos quem queremos ter em nossas vidas e quem realmente merece todo o amor que temos para dar. Assim, entendemos que não adianta nada perseguir outras pessoas, porque o que for para ser será, de um jeito ou de outro. Se alguém não deseja nossa companhia e nunca tentou nada, a perseguição não vai resolver o problema.

Se uma pessoa não consegue enxergar seu verdadeiro valor, ela não o motiva a tentar provar que está errada e, portanto, não deve estar em sua vida, porque as pessoas que realmente o apreciam e admiram não precisam de nenhuma prova e tempo.


Elas sempre estão com você e mostram o quanto você é importante em suas vidas todos os dias. Por isso, entenda: se uma pessoa não deseja estar em sua vida, persegui-la não fará a menor diferença.


Direitos autorais da imagem de capa: Alvin Mahmudov / Unsplash


Fazer o bem faz bem. “espalhe o bem que a felicidade vem!”

Artigo Anterior

O conto budista que nos ensina a ignorar quem nos machuca

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.