Quanto mais vezes você se expõe ao desconhecido, mais seu cérebro expandirá…

Um novo dia começa e seu cérebro é como uma bateria totalmente carregada e totalmente ativa, mas ao longo do dia você se torna sobrecarregado e drenado por causa de fluxos de informações.

O mundo pode ser excessivamente estimulante com tweets em curso, flashes do Facebook, e-mails, rádio, televisão e outdoors atraentes.



No momento em que o relógio diz que é hora de ir para casa, você embaralha como um zumbi.

Com este influxo de informações diárias, como você pode desenvolver e expandir sua capacidade de aprender?


Saia do mundo através da meditação.

Libere sua mente e deixe-a vaguear para longe dos pensamentos relacionados às tarefas. Ao “deixar ir”, você aumenta a capacidade do seu cérebro para reter informações e para realizar em um nível mais alto. Quebrar a sua rotina regular e estrutura rígida, inspira criatividade e permite que o cérebro recarregue.



“Esvazie sua mente dos os pensamentos. Deixe seu coração estar em paz. – Lao Tzu

Estresse, tensão e  excesso de atividade mental são liberados pela meditação. Relaxar a mente e o corpo é crucial para alcançar um estado insensato e para o abrandamento. A meditação diminui a sobrecarga de “ruído” no cérebro que mostrou melhorar a memória e as pontuações em testes de inteligência. Ela tem muitos efeitos positivos na memória, como a regulação da onda cerebral de ritmo, sendo crucial para reduzir o volume de informações que servem de distração.

De acordo com estudos de pesquisa sobre meditação consciente, as células cerebrais usam ondas ou frequências para regular o fluxo de informações, assim como estações de rádio que transmitem em frequências particulares. O ritmo alfa é particularmente ativo nas células que processam o toque, a visão e o som na camada externa do cérebro, chamado córtex, onde ajuda a suprimir sensações irrelevantes ou distrativas e a regular o fluxo de informações sensoriais entre as regiões cerebrais.

Ao permitir-se tornar-se totalmente imerso durante a meditação, o cérebro faz conexões mais profundas e a capacidade de recordar a informação é aprimorada. O silêncio ou os sons da natureza, relaxam a mente. Observe seus pensamentos se afastando e expire a tensão.



Distraia-se!

Há momentos em que você precisa de uma boa concentração. Esses podem ser os momentos certos para se dirigir ou fugir para a cafeteria mais próxima. Embora isso possa soar contra intuitivo, um pequeno nível de distração às vezes pode ser a receita perfeita para a criatividade e o foco elevado de acordo com um estudo em uma revista de pesquisa do consumidor. Humanos são criaturas sociais. Estar na proximidade dos outros (na estrada ou em uma cafeteria) pode ser psicologicamente tranquilizante, o suficiente para permitir uma melhor concentração do que ser solitário.

Avanços na neurociência têm boas notícias para todos os amantes da música. A música ativa todas as partes do cérebro. A música é uma melodia universal de cura que pode elevar o seu humor, motivá-lo, e até mesmo ajudá-lo a se concentrar.


Assuma um desafio!

Pegue a prancha de surfe e pegue umas ondas ou vá pular de bungee jumping. Se você não está pronto para uma aventura desse tipo, há outros desafios relativamente simples que podem ser feitos a partir do conforto do seu sofá. Desafiar o seu cérebro pode ser tão simples como pensar em nomes de pessoas famosas que começam com a mesma letra. Mesmo um enigma de palavras cruzadas ou jogo de tabuleiro estimula o cérebro. Pesquisas indicam que, ao contrário de estar colado em um aparelho de televisão, navegar na internet ativa raciocínio complexo e tomada de decisão. Enquanto assistir televisão é uma atividade passiva, o mundo virtual é interativo e impulsiona o poder do cérebro.


Faça uma reserva! Aventure-se!

Impulsionar o poder cerebral vem de novas experiências. Exemplos incluem aprender uma língua estrangeira, aprender a tocar um instrumento musical, participar de atividades comunitárias e viajar. Com as memórias de experiências inesquecíveis, os benefícios da viagem perduram.

O professor de neurociência Huganir descreveu o cérebro como uma placa de circuito onde novas experiências criam circuitos novos. 5 picos emocionais com conexões eletroquímicas podem facilitar a memória e a aprendizagem, então altere essas emoções à medida que você sai da sua rotina e não é familiar.

_________

Traduzido pela equipe de O Segredo  Fonte: Life Hack

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.