4min. de leitura

Quatro comportamentos abusivos que não são físicos:

Muitas pessoas consideram como abuso apenas agressões físicas, mas as vítimas de abuso nem sempre são cobertas por machucados e manchas pelo corpo. Muitas vítimas nem sequer são tocadas.


Porém, as palavras podem ferir tanto quanto um gesto físico, se não mais. Isso porque nos afetam psicologicamente. O abuso emocional pode durar por muito tempo, porque pode ser mais difícil de provar, ainda mais quando não é combinado com abuso físico. O primeiro passo para se libertar é identificar um padrão negativo.

Abaixo estão quatro comportamentos que constituem abuso emocional:

1. Forçar limites

Esse é um comportamento complicado, que geralmente começa de forma simples. Por exemplo: seu parceiro(a) aparece em seu trabalho com uma surpresa para você. Se isso acontece apenas uma vez, é um gesto romântico e legal. No entanto, esse hábito pode se tornar mais grave. Seu parceiro pode começar a aparecer em todos os lugares que você frequenta, sem nenhum tipo de aviso. Depois de um tempo ele invadirá sua vida completamente. Como resultado, você se sentirá controlado, ansioso e nervoso e talvez até violento. Vai ser difícil entender a motivação da outra pessoa e você pode acabar escolhendo se afastar ou enfrentá-lo com a verdade. Isso vai machucá-la e a culpa a rondará. Seu (sua) parceiro(a) pode acusá-la de tê-lo (a) enganado, porque uma pessoa que não consegue respeitar seus limites não o (a)respeita enquanto ser humano, apenas quer arrastá-lo (a)  para um relação de dependência. Não deixe isso acontecer. Proteja a si mesmo.


2. Gaslighting

Através da tática psicológica Gaslighting, um parceiro faz com que o outro questione sua própria percepção da realidade. O parceiro manipulador ignora as emoções e necessidades da outra pessoa e as considera exagero, excesso de sensibilidade e paranoia. Também minimiza seus problemas. Depois de um tempo, a vítima começa a duvidar da sua própria sanidade. Quando a vítima já está totalmente imersa em sua manipulação, o gaslighter pode fazer da relação o que quiser.



3. Isolamento

Quando estamos sozinhos, nossa vulnerabilidade aumenta. Os manipuladores montam suas estratégias de manipulação em cima desse fato. Eles tentam afastar as vítimas de sua rede de apoio, para que se tornem mais dependentes deles. Dessa maneira, poderão impor seus pontos de vistas sobre a vítima e a moldar assim como desejam. Não permita que façam isso com você. Nunca se prive do contato com as pessoas que você ama e que o amam.


4. Insultos disfarçados

Insultos disfarçados de humor ou de críticas construtivas são muitos comuns entre os manipuladores emocionais. No entanto, o verdadeiro objetivo dessas frases são colocá-lo para baixo e diminuir a sua autoestima. O parceiro abusivo pode tentar justificar esses elogios dizendo que estão apenas tentando motivá-lo, que você não sabe brincar e que é sensível demais. Se o seu parceiro o faz sentir-se mal sobre si mesmo, ele certamente é abusivo, isso é um fato. Liberte-se dessa vida negativa e, se for para ter alguém, que seja alguém que o faça ser melhor.


__________

Direitos autorais da imagem de capa: kmiragaya / 123RF Banco de Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.