4min. de leitura

QUATRO MANEIRAS DE SER SEU MELHOR AMIGO

Muitos de nós passamos a vida inteira desaparecendo naqueles que amamos; entrelaçando-nos em SUA felicidade e SEU bem-estar. Ajudamos a eles e não conseguimos fazer nada por nós mesmos.



Como podemos ser bons amigos para todos, menos para nós mesmos? Se você pode ser a rocha e o mestre zen para todos, você também pode ser assim para sim mesmo.

Na verdade, você deve ser.

Não importa sua idade, você pode ser seu próprio melhor amigo. Você já desejou mais amor, alegria, romance, dinheiro, saúde, aventuras, amizades e fé? Eu sei que sim.


Se você está pronto para entrar em um relacionamento mais amável, solidário e amoroso consigo mesmo, aqui estão quatro lugares para começar.

1. Diga coisas atenciosas e carinhosas para si mesmo (sim, em voz alta)

Quando você estiver na privacidade de sua casa, tome um tempo para dar-se um verdadeiro elogio verbal, todos os dias.

“Seu cabelo está ótimo assim.”


“Você lidou com essa reunião muito bem.”

“Você começou o dia com uma caminhada? Toca aqui!”


2. Cuide-se

Eu aposto que seu melhor amigo lhe envia o ocasional cartão postal, um presente impecável no seu aniversário, ou te compra coisas fofas porque lhe fizeram lembrar em você. Você tem o mesmo poder.

Você começa a mimar-se com massagens após uma longa semana, comprar-se aquele maravilhoso café, ou uma pedicure quando precisar. Você não tem que esperar que alguém te trate bem.


3. Resolva as coisas irritantes que estão te confundindo

Seu melhor amigo pode (amorosamente) provocá-lo sobre aquele monte de roupas que você fala que vai doar e nunca doa, e como seu carro sempre precisa de manutenção. Ele pode até mesmo empurrá-lo em direção ao mecânico. Ele só quer que você esteja seguro e viva em um espaço que ame.

Dê-se um melhor amigo e faça uma lista de todas as coisas que você precisa realmente resolver. Em seguida, resolva-as.


4. Desista dos maus hábitos e mostre-se um pouco de amor duro

Toda vez que você tentar usar aquele cartão de crédito quase estourado, pedir o quarto copo de vinho ou faltar a aula de ioga, faça o que um bom amigo faria: use um amor duro em si mesmo.

Faça um orçamento e cumpra-o, troque o chá verde por  café, se matricule na academia que está na esquina de sua rua.

Se esta lista não for suficiente, talvez uma declaração sincera seja necessária.

“Caro Eu,

Eu amo você. Estou aqui. Vou protegê-lo e apoiá-lo até seu último suspiro.

Não há nada que você possa fazer para perder o meu amor e respeito. Eu vou te amar através do desespero, derrota, alegria e contentamento. Eu sou mais corajoso do que a falha e mais forte do que a dúvida. Eu vou ficar junto a você durante tudo isso.”

Seu amor e apoio não devem ser apenas para o mundo ao seu redor, mas também para o mundo que existe dentro de você.

Boa sorte com essas dicas de amor próprio!

 

___

Traduzido pela equipe de O Segredo

Fonte: Mind Body Green

Você sabia que O Segredo está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.