Quatro práticas que podem salvar a sua vida:

8min. de leitura

Práticas que Podem Salvar Sua Vida:

Hoje vivemos em um cenário que promove a urgência, com metas cada vez mais difíceis de serem realizadas e exigências reais crescentes. O resultado disso é a geração de frustração, ansiedade, medo, depressão e pensamentos que entorpecem a alma e turvam a visão com ilusões, que nos impedem de realizar o que realmente é importante para a nossa vida.



As consequências dessa situação são sérias e vão muito além da falta de qualidade de vida. Um estudo feito pela Faculdade de Medicina da Universidade de Harvard, Estados Unidos, mostra que um quadro de estresse pode contribuir para o aumento excessivo dos glóbulos brancos no sangue, que se acumulam nas paredes das artérias, levando a problemas mais graves como o infarto ou AVC.

Por isso, hoje mais do que nunca, você precisa cuidar com carinho de si mesmo, assumindo as rédeas da sua vida, nutrindo sua mente consciente com bons pensamentos e gravando mensagens construtivas no seu subconsciente, onde está definido (de uma forma dinâmica) quem e como você realmente é.

Você precisa aprender a defender-se, de uma forma prática e eficaz.  Então, quero mostrar-lhe como o meu cuidado com a minha mente me resgatou de uma situação que mais parecia uma sentença de morte, sem direito a defesa.


Pratico meditação e fortalecimento interior desde 2005. Só não imaginava que alguns anos depois essa prática elevaria o meu poder interior ao auge, justo no momento em que eu mais precisei, ao encarar um tumor de 7cm na minha cabeça e um embolia pulmonar em 2012, que me colocaram cara a cara com a morte.

Por aí você pode calcular como é grande o poder desta prática.

Hoje quero dividir com você os princípios desse treino mental, que tem como objetivo gravar mensagens positivas na mente subconsciente, por meio da autossugestão direcionada, consciente e construtiva.

Vou compartilhar com você, agora, quatro dos treinos mentais que faço até hoje:


1) Paraíso pessoal — depois de um relaxamento profundo, você vai usar o seu poder criativo infinito para construir na sua mente um local especial. Construa uma casa feita do material que você quiser, que fica no cenário que você escolher e com acesso a várias portas para salas que contenham vivências transformadoras. Essas vivências serão as bases para todas as outras.

Esse processo de construir a casa você geralmente faz apenas na primeira vez. Nas outras vivências, você vai apenas aperfeiçoando a sua visão.


2) Mestre Conselheiro — esta vivência é para desenvolver a sua intuição. Depois que você praticar com certa frequência este treino, naturalmente você já conseguirá ter mais clareza e enxergar o mundo como ele realmente é. E quando fortalecer o mecanismo promotor do encontro das respostas para as suas questões da vida, você seguirá a jornada com mais determinação e confiança.


3) Tela Mental — Aqui você vai colocar fortemente a Lei da Atração para agir. Vai trabalhar o seu “músculo” interior da autorrealização. Assim, vai colocar-se em vibração na mesma frequência daquilo que deseja que realize-se em sua vida. Esta vivência trabalha por meio de imagens mentais e da promoção de sensações que você terá quando o seu desejo for realizado.

Além de visualizar o sonho já realizado, é importante que você permita-se ser tomado pelas emoções, sentindo como se aquilo já estivesse acontecendo de verdade. Isso não deixa de ser uma verdade, pois essa realização apenas está numa frequência diferente, em uma outra dimensão, mas já existe.


4) Sala do Perdão — Essa é a vivência mais forte e mais profunda, que gera energias imensas para você utilizar no seu propósito. Ela serve para romper bloqueios, com a remoção das amarguras de seu coração, provocadas por pessoas de qualquer universo da sua vida e em qualquer tempo. O exercício de perdão é muito eficaz, embora não requeira que você entre em contato diretamente com a pessoa que gerou essa amargura – até mesmo porque ela poderá já não estar mais em nosso plano existencial.

Nos meus próximos artigos, vou falar com mais detalhes sobre cada um desses treinos, de modo que você possa colocá-los em prática e transformar completamente a sua perspectiva de vida – para muito melhor, é claro!

Depois que romper os seus bloqueios, quebrar as correntes que o prendem a situações que parecem insolúveis, você se conectará com talentos e tesouros escondidos no seu peito e os potencializará com o seu entusiasmo de perceber como eles simplesmente fluirão na sua vida.


Se até aqui você tem dúvidas sobre a eficácia real dessas práticas, mesmo com os inúmeros estudos científicos que já comprovam o poder pessoal que cada um temos dentro de nós ;  Vou dizer a você o que aconteceu comigo depois de sobreviver a aquele tumor, aquele “alien”, que surgiu dentro de minha cabeça.

Perdi os movimentos do rosto e a audição, ambos do lado direito, mas ganhei uma nova chance de viver. De fato, o treino mental não apenas me ajudou a atravessar a maior turbulência da minha vida, como me fez avançar superando as sequelas. Assim, essas ferramentas incríveis me ajudaram a reconstruir minha autoestima, reinventar minha carreira, descobrir o grande amor da minha vida (sim, mesmo estando com a cara torta!) e fundar uma família, que tornou-se ainda mais completa com a recém-chegada da nossa linda filhinha ao nosso mundo.

Você também pode vivenciar e usar todo o potencial transformador dessas práticas.

E quero muito ajudar você a fazer isso. Por isso, gravei uma série de áudios e disponibilizei no meu site, para que você possa dar esses importantes primeiros passos na sua vida, sendo guiado por mim.

Você pode acessar os áudios aqui mesmo, na minha seção “Sobre o Autor”.

Deixe o seu comentário abaixo, dizendo o que você gostaria que eu detalhasse no próximo artigo.

Boa vivência e lembre-se: você tem o direito divino de ser feliz!

__________

Direitos autorais da imagem de capa: olegdudko / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.