2min. de leitura

QUATRO TRECHOS DE POEMAS PARA QUEM PRECISA DE MUDANÇAS

Existem passagens da vida que, para avançarmos, precisamos de certas transformações, seja na carreira, em um relacionamento, ou, até mesmo, algum padrão de comportamento que já não sirva mais.


Nesses momentos, filmes, livros, poemas e músicas podem traduzir sentimentos, angústias e expectativas com mais facilidade, fortalecendo esse processo.

Aqui vão quatro trechos de poesias que poderão abrir sua mente e dar mais sentido a essa fase que está vivendo.

 


1.Tabacaria – Fernando Pessoa

“Fiz de mim o que não soube,

e o que podia fazer de mim não o fiz.


O dominó que vesti era errado.

Conheceram- me logo por quem não era e não desmenti, e perdi-me.

Quando quis tirar a máscara,

Estava pregada à cara.

Quando a tirei e me vi ao espelho,

Já tinha envelhecido.”

POEMASmudanças 2


2.Retrato do artista quando coisa – Manoel de Barros

“A maior riqueza do homem

é sua incompletude.

Nesse ponto sou abastado.[…]

Não aguento ser apenas um sujeito que abre portas,

que puxa válvulas, que olha o relógio,

que compra pão às 6 da tarde, que vai

lá fora, que aponta lápis, que vê a uva etc. etc.

Perdoai. Mas eu

preciso ser Outros.”


3.Rios… – Viviane Mosé

“Gente é mais ou menos como rio:

Tem os que gostam de perigo e se lançam de grandes alturas

Tem os de muitos braços que atiram pra todos os lados

Tem os de muitos redemoinhos que comem bois e gente

Tem os que gostam demais de si e viram lago

Tem os que só sabem correr parados

São os empoçados os pantaneiros os alagados.”


4.Não discuto. – Paulo Leminski

“não discuto

com o destino

o que pintar

eu assino.”





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.