Que a solidariedade esteja com você



Que a solidariedade esteja com você. Sim, que ela esteja com você, em seu coração, entre as coisas e pessoas que também precisam de alguma ajuda.

Olhos falam, corações dizem. Emprestar seu tempo não é desperdiçar sentimento, é dar continuidade de fazer algo melhor por você mesmo (a).

Quem ajuda também se ajuda, quem ampara recebe luz.

Tem gente que anda com o céu nublado, o tempo chuvoso, a vida de ponta-cabeça. Caminhos foram feitos para serem trilhados com mais amor na alma, com mais dedicação ao próximo. Sem tanta curiosidade ou interferência.

A solidariedade que acalenta vidas, que se mostra humilde sem ostentação, não precisa de holofote e nem ser noticiada no jornal da vida.

É carinho, é paz onde pessoas só querem uma palavra, o calor das suas mãos, um abraço em meio à dor mais profunda, entre alguns desesperos e dor.

Empreste seu sorriso, empreste-se para servir a Deus. Não tenha medo de pisar no chão molhado, no solo mais destruído.

É com a força da alma que a vida brota de novo e todo aquele resquício de tristeza cessa e você volta para casa com seu alicerce espiritual mais fortalecido.

Que essa solidariedade não seja apenas para mostrar que você se preocupa por se preocupar, mas que você se dedica de corpo e alma naquilo que faz.

Não pense nos méritos, não pense em ganhar pontos. Pense em como teu dia ficará mais leve e sua consciência mais em paz.

A pessoa solidária não amontoa coisas debaixo do colchão, não acumula coisas que não queira dividir. Ela se coloca no lugar. Ela oferece um pouco de alimento, um gesto mais humano, abre espaço para a necessidade do outro que sente o mundo desabar.

Um pouco a cada dia, um pouco a cada momento que o olhar sentir que é preciso agir em prol do bem.



Caminhando perto de casa, vi um rapaz que retirava materiais recicláveis, empurrando um carrinho. Ao lado vinha à mulher olhando alguns sacos no meio da rua.

Ela disse para ele: Você vive falando de esperança, vive dizendo para eu acreditar.

Ele disse: Mulher, se não tivermos essa esperança no coração, o que será de nós? É um ajudando o outro.

Abaixei a cabeça e não pude deixar de refletir sobre a cena que vi e sobre o que ouvi.

Tanta gente se fingindo de morta para não sentir a dor do próximo, tanta gente fazendo de conta que não existe ninguém passando necessidade e aperto na vida só para não ceder um pouco de si mesmo (a).

Por vezes, eu me alegro vendo que pessoas ainda levantam essa bandeira em nome do amor ao próximo.  Por vezes, eu me entristeço com pessoas preconceituosas que não sabem dar valor à vida humana, esbanjando indiferença e desprezo.

Deus capacita os bons, os que se doam, os que são capazes de amparar e atravessar a vida sem fechar os olhos para a dor do outro.

Que a solidariedade esteja com você. Que ela esteja no meio de cada um de nós. Amém!


Direitos autorais da imagem de capa: Hassan OUAJBIR from Pexels






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.