ColunistasRelacionamentos

Que seja amor enquanto durar…

QUE SEJA AMOR ENQUANTO DURAR capa e dentro

Se não for pra me despir a alma, eu nem me atiro. Desculpa, mas eu não nasci pra me contentar com metades, com um “talvez amanhã, vamos marcar qualquer hora”. Não, para, ninguém merece esse lance de caçar migalhas que não levam a lugar algum.



Tenho me comprometido mais comigo. Mais com o que eu espero ser pra poder me encontrar, talvez eu seja o último dos românticos, aqueles loucos que manda mensagem antes de dormir, só pra saber se a pessoa jantou ou perguntar como foi o dia.

Não espero menos, nem mais, daquilo que ofereço. Eu gosto de me perder nos planos que a saudade pinta nas telas do meu futuro, gosto de surpresas, de cheiro de roupa limpa, abraços com tesão, banhos acompanhados de músicas de cabeceira e algumas mãos bobas, sem medo, receio ou qualquer coisa que possa me privar de ser o amador que tanto me gabo.

que-seja-amor-enquanto-capa-e-dentro


Eu tenho vontades de carne, como todo mundo, mas também sou feito por desejos de espírito. Não é que eu vá morrer de amor ou chorar o azar de não termos dado certo. Se foi bom, sem dúvida que valeu à pena.  Se não foi, paciência. A gente sobrevive e se perde na próxima esquina.

A intensidade que tu colocas nas coisas é que determina o quão real elas podem ser e se realmente não estão ali só para satisfazer aquelas vontades de noites frias em que ficamos loucos, encontrando pés para fazer ninho junto aos nossos, só pra ter uma sensação de alívio momentâneo, aquele anestésico que os dentistas dão para arrancar os dentes do siso, é mais ou menos por aí.

Amar dói, sim, pra caramba, mas não se permitir, não se doar por completo é bem pior. É como comer bolacha água por ter medo de comer peixe, só porque o danado tem espinhos. Se eu parar pra contar todas as vezes que não foi feita a minha vontade, assim na terra, como no céu, poderia ficar aqui, horas e mais horas sentindo muito. Não que eu não sinta, mas dá missa eu já conheço o sermão.

Que seja recíproco enquanto durar, que seja eterno até amanhã às 15:30. Que eu almoce então com a tua mãe nesse domingo e te ajude a lavar a louça depois, enquanto ela pergunta onde nós nos conhecemos, até que nos tornemos completos desconhecidos.


Mais importante que pontuar os finais e dar ênfase aos inícios, sem aquela velha história de era uma vez, ou deixar o medo de que dê cabo das nossas vontades antes que elas possam acontecer, mesmo que de forma prematura.

que-seja-amor-enquanto-durar-capa-e-dentro

Amar nunca foi pré-requisito para discernimento, mas sim para loucura. A vida não espera ninguém calçar os sapatos, ela quer que a gente vá do jeito que está mesmo, com a roupa do corpo. Essa é a graça de desenhar a caneta, e sem borracha. É correr risco de entregar a sorte nas mãos do azar. É deixar um pouco de si, em cada um e aprender a lidar com o que sobra de nós mesmos.


Psicologia: consciência e responsabilidade

Artigo Anterior

Se seus sonhos possuem uma sequência lógica de fatos, você não está sonhando o bastante…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.