4min. de leitura

Quem aceita migalhas nunca está verdadeiramente satisfeito

As pessoas que aceitam migalhas possuem apenas o suficiente para existir, mas não uma existência plena, feliz.

Possuem uma existência inconsistente, incerta, que as muda constantemente para onde possam encontrar lugar um conforto temporário para suas vidas.


Migalha é tudo aquilo que não nos é dado de boa vontade, amor, cuidado, reciprocidade, tempo. Esses sentimentos podem nos trazer uma sensação de felicidade e completude, mas na realidade tudo o que fazem é ferir nossa autoestima, sonhos e desejos na vida.

No oposto das pessoas que se conformam com migalhas, existem os egocêntricos, que pensam apenas no que é melhor para si mesmos, sem se importarem com aqueles ao seu redor. Quando esses dois tipos de pessoas se juntam, criam relacionamentos tóxicos.

As migalhas que recebemos nunca são suficientes 

Quando vivemos de migalhas, vivemos na incerteza. Isso porque, diferente dos sentimentos verdadeiros, as migalhas não nos são oferecidas todos os dias, por pura e simples vontade. Elas são a sobra, e a sobra só existe quando se tem algo para desperdiçar. Portanto, aquilo que nos alimenta hoje, podem ser o motivo de nossa fome amanhã.


No entanto, por mais que essas sobras sejam tão prejudiciais para nós, nem sempre é simples diferenciar quando o que estamos recebendo são migalhas ou sentimentos verdadeiros. Para ilustrar essa situação, pensemos em alguém que busca amor, mas só se envolve com pessoas emocionalmente indisponíveis, abertas apenas para casualidades, e que, portanto, não são de grande relevância para sua vida.

Essas pessoas desejam ser amadas, elas gostam de abraços, beijos e demonstrações de carinho. Precisam se sentir desejadas para seguirem em frente. Porém, elas raramente recebem sentimentos verdadeiros. Apenas se doam e raramente recebem algo valioso.

Claro que devemos nos doar em nossos relacionamentos, mas fazer a sua parte é diferente de sacrificar sua felicidade por uma pessoa que não se importa verdadeiramente com você. Precisamos estar cientes de nossos relacionamentos para aprendermos a diferenciar aqueles que nos fazem bem daqueles que nunca mais queremos experimentar.


Migalhas não garantem nossa felicidade

As migalhas não garantem nossa felicidade, tanto a interna quanto a externa. Para realmente ficarmos satisfeitos com nossas vidas, precisamos de verdade, tanto em nossos relacionamentos com outras pessoas, quanto com nós mesmos.

Ficar em relacionamentos tóxicos aceitando sobras nos torna pessoas emocionalmente dependentes, que não conhecem a sensação de ser livres e felizes por conta própria.

Se você quiser ter uma vida realmente feliz, trabalhe em sua autoestima e faça-se feliz.

Seja sua principal prioridade e não aceite migalhas de ninguém. Você tem tudo o que é preciso para ser feliz consigo mesmo.


Direitos autorais da imagem de capa: Max Rovensky / Unsplash





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.