ColunistasRelacionamentos

Quem está bem sem mim, que continue. Não morro mais de amores, confio em mim!

O que eu sei é que tenho aproveitado meu tempo para ser mais produtiva. Quem está bem sem mim, que continue bem. Quem eu sou para querer entender o que se passa no coração de quem não sabe se abrir?



Eu só sei que está tudo diferente emocionalmente; que não sinto mais a saudade de antes e antes que achem que eu estou perdida por algum motivo; não devo satisfações a ninguém.

Sem uma receita certa de vida, criei minha própria fórmula para aprender a enfrentar o cotidiano; o caos e as ruas congestionadas por pessoas que mal se veem. Não morro mais de amores. Não choro mais o leite derramado.

Bato no peito sabendo que não envergo tão fácil e que minha armadura de fé é minha guardiã dos desafetos que ainda insistem em rodear meu caminho.


Eu já não uso as mesmas frases, não atuo do mesmo jeito, não penso como pensava há muito tempo atrás. Vivo tempos de melhor entendimento. Talvez, eu esteja mais sábia, menos exposta e menos disposta a retroceder.

Minha versão de mim mesma está melhor. O tempo passou, é fato. Mas não lamento. Hoje depois de retirar muitas camadas finalmente despertei para o que é essencial.

Pena que o mundo anda roto, pessoas ainda se rasgam, sentimentos andam em liquidação. Mesmo assim continuo prestando atenção aos lugares que não se cercam de deserto interior.

Bebo da fonte do aprendizado, saio em defesa do que preciso com respeito e integridade mental. Estou caminhando vivendo minha história sem prejudicar o próximo. Onde a guerra silencia, a paz volta.


Eu escolho o lugar para me sentar; eu levando e saio se for preciso. Tem dado certo. Dizem que a maturidade é bênção para quem consegue se alcançar. Sinto que meus passos mesmo cambaleantes estão no rumo certo. Confio em mim.

Justiça do DF nega pedido de motorista que queria mudar placa de carro com letras ‘GAY’

Artigo Anterior

Descubra como alcançar a evolução espiritual na prática!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.