Quem evita causar danos aos demais, provavelmente já conheceu a verdadeira dor



Nada nos ensina tão bem a como tratar a nós mesmos e o mundo ao nosso redor quanto uma experiência pessoal dolorida.

Nos momentos difíceis da vida, existem dois tipos de pessoas: as que compreendem as dificuldades pelo que realmente são, oportunidades de reflexão e amadurecimento, que conduzem a uma vida mais autêntica e bem-sucedida, e aquelas que agem como vítimas, lembrando de experiências negativas passadas e limitando o próprio futuro através de comportamentos negativos.

Cada um de nós tem a liberdade de fazer as próprias escolhas e lidar com os problemas da maneira que desejar, mas não podemos negar que aqueles que conseguem superar os desafios com humildade e se tornam pessoas mais fortes, sábias e merecedoras pelo próprio esforço são dignas de muita admiração, pois continuaram lutando e insistindo mesmo em meio aos piores cenários.

Nunca é fácil lidar com uma decepção na vida, ainda mais quando ela vem das pessoas que menos esperamos. As cicatrizes dessas feridas nos acompanham por muito tempo e afetam a maneira como enxergamos a nós mesmos e o mundo. Podem nos tornar inseguros e algumas vezes nos induzir ao isolamento, já que o medo de ser magoado novamente é muito intenso.

No entanto, sempre é possível darmos a volta por cima e transformarmos essas dores em oportunidades de crescer e aprender a conquistar a felicidade e a completude em nós mesmos, sem precisar de outra pessoa segurando nossas mãos o tempo todo.

Quando alcançamos essa realidade de vida e aprendemos as lições que nossos desafios pretendem nos ensinar, nós nos tornamos mais conscientes sobre tudo o que acontece ao nosso redor, especialmente às dores do outro, e passamos a tratar as pessoas com mais respeito e empatia.



É por isso que se diz que as pessoas que evitam causar danos aos demais, provavelmente já conheceram a verdadeira dor.

Nada nos ensina tão bem a como tratar a nós mesmos e o mundo ao nosso redor quanto uma experiência pessoal dolorida. Essas situações tiram as vendas de nossos olhos e nos permitem enxergar a realidade do mundo com mais clareza, ensinando-nos a importância de conservarmos valores e princípios.

Quando passar por uma fase desafiadora, lembre-se sempre de manter a mente e o espírito focados, e sempre que pensar em desistir, pense em como essa situação pode servir para o seu crescimento.

Se você a encarar da maneira certa, e depois de superada, ofereça sempre mais do que recebeu para o seu próximo, é assim que o bem se constrói e transforma o mundo.


Direitos autorais da imagem de capa: Obra de Mary Alayne Thomas.






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.