4min. de leitura

Quem fala demais perde a paz

Você conta tudo sobre a sua vida para todo mundo do seu convívio?

Cuidado com aquilo que você revela a respeito de sua intimidade! Pessoas muito espontâneas pagam um preço muito alto por falarem demais! Quando você transforma a sua vida em um livro aberto você dá munição para o inimigo atacá-lo futuramente, usando as informações que sabe a seu respeito.


Saiba que existem pessoas para as quais jamais você deve admitir os seus erros ou assumir os seus pontos fracos, pois são pessoas amargas, inseguras, desconfiadas e traumatizadas, que vivem com a mente presa nos acontecimentos ruins do passado.

Ou seja, quando você revela algo negativo que você cometeu, em vez da pessoa olhar a sua postura como um gesto de nobreza ao presenciar você assumindo o seu erro, ela pode marginalizar eternamente o seu passado!

Com certeza você já revelou algo para alguém e depois se arrependeu amargamente porque a pessoa acabou usando aquilo que você falou para julgá-lo, inferiorizá-lo, humilhá-lo, ridicularizá-lo e condená-lo.


Isso ocorre também na esfera familiar. Por exemplo, às vezes a mãe ou pai age com boa intenção e conta algo negativo sobre a vida do filho para a pessoa com quem o filho está se relacionando, achando que revelando determinado segredo ou acontecimento vai demonstrar o quanto o filho já sofreu por suas escolhas equivocadas.

Agora imagine o que vai acontecer no primeiro conflito que houver entre o casal após a revelação?

Isso mesmo. A pessoa vai usar aquilo que ouviu para atacar a imagem da outra dizendo: Bem que sua mãe ou pai me falou.

Com isso laços afetivos e familiares ficam estremecidos e afundam-se no lamaçal da desarmonia, por causa das confusões que a língua grande provoca.


Enfim, certas coisas do passado não acrescentam nada de bom no momento presente e ainda colocam a sua imagem em descréditos no futuro.

Ocorreu um fato comigo que me deu esta lição que estou lhe repassando: Uma amiga me procurou arrasada, porque descobriu que o marido dela tinha uma amante e indignada falou que não suportou a traição e que havia se separado. Eu disse: Pois você fez muito bem em ter se separado daquele! Porque conheço umas 10 mulheres com quem ele já teve caso e você não merecia viver sendo enganada há tantos anos! Ela chorou que soluçou quando revelei tudo. Enfim, ela declarou que nunca mais iria olhar na cara dele. Uma semana depois eu a encontrei na feira toda sorridente e de mãos dadas com o marido, no maior astral. E o pior de tudo foi encarar aquele olhar de revolta dela me julgando como se eu fosse o intruso.

Na hora, eu me senti uma pessoa do mal! Porque quase destruí uma linda e inquebrável história de amor!

É preciso ter cuidado com o que se diz. Quem fala demais perde a paz!


Direitos autorais da imagem de capa: wallhere.com / 117540





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.