Quem se ajoelha com humildade e fé é visto como grande aos olhos de Deus

A prece, assim como a cura de quem realmente sente a estrutura da alma se regenerando, é sinal de que Deus esteve presente em cada partícula de luz acesa no espírito.



É assim que devemos seguir nossos caminhos, aprimorando nossos sentimentos, elevando-nos em prece, em luz, afastando todo o mal que nos cerca.

Essa poderosa arma contra tudo o que é negativo e ruim transforma nosso alicerce, dando-nos uma estrutura de mais estabilidade emocional, mais confiança nos dias, melhor entendimento para que não nos percamos de nós mesmos, aceitando os desígnios do Alto com menos reclamar.

Quem clama com amor não reclama, quem agradece se eleva cada vez mais dentro daquilo que se modifica amplamente dentro da alma. É o que oferecemos a nós que nos mostra quem seremos.


O poder da fé, da transição, de acreditar em que os dias serão melhores, que cada movimento que fazemos é como se estivéssemos seguindo para um lugar mais seguro e cheio de paz interior, é nos ambientar dentro da crença de que há sempre um ponto de luz a seguir, há sempre uma forma de resolvermos nossas angústias, há sempre a porta de saída para nossas emergências.

Deus é o nosso milagre divino, nosso estar dentro do que somos entre as coisas que coabitam em nós mesmos.

É preciso perseverar, é preciso ter consciência do que realmente merece e precisa ser pontuado em nosso sagrado, feito altar do Altíssimo, que nos protege com Seu manto sagrado de luz.

O poder da mente, do pensamento, da cura de quem realmente precisa ser curado, de quem enxerga pelo lado de dentro é lenitivo para um tempo mais liberto.


Deus atua em cada fase de nosso momento, atua sempre para o nosso bem.

Se estendermos as nossas mãos, abraçaremos o coração de outro alguém com alegria, se levarmos tudo com menos ferro e fogo, seremos menos pisoteados pelas nossas insistências e caprichos pessoais, e abriremos mais espaço para a leveza dos dias.

Quem com humildade se ajoelha perante o sagrado não se sente pequeno, mesmo diante da grandeza de Deus.

Não cabe a nós habitar outras casas, sem que sejamos convidados, não cabe a nós ter a posse de nada, porque nada é nosso e temporário somos.

Cabe a nós o nosso momento de construção e reconstrução dentro do que aprendemos.

Esse é o poder da vida, o poder do perdão, o poder do esquecimento, o poder de deixar fluir aquilo que realmente limpa os poros e nos leva para a frente.

A prece, assim como a cura de quem realmente sente a estrutura da alma se regenerando, é sinal de que Deus esteve presente em cada partícula de luz acesa no espírito.

Bendita seja a paz que reconhecemos, depois de tempos conturbados, depois de tanto sobe e desce, depois de tanto doer.

Que em nós haja sempre esse milagre divino e purificativo, que nos livra de todas as coisas negativas e maléficas no coração, abençoando-nos, tratando-nos, fazendo-nos florescer.

Sejamos oração e vigília constantes. Vamos nos elevar naquilo que nos faz crescer. Amém!

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.