O SegredoReflexãoRelacionamentos

Quem sempre está presente para todos, às vezes também precisa de atenção

Há pessoas que parecem nossos anjos da guarda, pois estão sempre ao nosso lado para nos dar a sua atenção e carinho. Estas pessoas tornam nossa vida mais fácil, não só porque favorecem o surgimento de coisas maravilhosas, mas nos protegem do doloroso.



Elas nos dão o seu amor e carinho com a intenção de nos sentirmos apreciados, protegidos e apoiados quando a vida se complica ou nos sentimos chateado e decepcionados com algo importante para nós. Elas simplesmente “estão” em todos os momentos para colocarem a palavra ou gesto apropriado para a situação.

Além disso, essas pessoas que estão sempre presentes, muitas vezes não se dão ao luxo de falhar ou deixar lágrimas escorrerem de nosso, se puderem evitar. Mas o que acontece quando elas se magoam? Elas também precisam de atenção sem necessidade de pedir.

A importância da atenção às pessoas que se importam conosco


Pense que dar amor e carinho àqueles que dedicam sua atenção à você deve ser um tipo de recompensa. É extremamente importante que mostremos essa deferência para essas figuras afetivas que nos ajudam a mover-nos durante a vida.

Elas podem ser nossos pais, avós, irmãos, amigos, parceiros, etc. Até mesmo um colega de trabalho que sempre dá o melhor de si mesmo por nós, para que tenhamos um bom dia.

“Muitas vezes convertemos essa disposição afetiva em uma obrigação e não damos valor ao fato de que a sua atitude é uma atitude de livre escolha que merece reconhecimento.”

Essas pessoas semeiam bondade, apoio, carinho e sua atenção, sem pedir nada em troca ou exigir reconhecimento. Assim, pelo menos devemos estar com elas e correspondermos com assistência quando necessário.



Maneiras de mostrar atenção, carinho e interesse

Temos muitas maneiras de demonstrar carinho e preocupação para as pessoas que nos rodeiam e amam.

Como? Com pequenos detalhes. Não é necesário coisas grandiosas para fazer essas pessoas felizes. Aqui estão alguns pontos-chave:


Não exija que faça nada, nem mesmo preste atenção em você. Se ela faz é porque quer, não porque tem uma obrigação. Preste atenção para não exigir, direta ou indirectamente, que ela faça algo para você.

Mantenha o costume de ter conversas diárias com aquela pessoa que você tanto aprecia: uma ligação para perguntar como ela está “, escutar atentamente sobre suas experiências e sentimentos é fundamental para manter a balança equilibrada.

Seja compreensivo. Talvez às vezes ela não queria te escutar ou não preste atenção acomo sempre prestou. Isso não significa que você não tem importância, mas que a pessoa está focada em outras questões.

Mostra afeto conforme as circunstâncias e reconheça o trabalho “dessa pessoa que está presente para todos a qualquer momento.” Ela também deve saber que tem alguém com quem contar.



Ser complacente e estar atento é muito diferente

No entanto, é necessária uma distinção entre ser uma pessoa atenta e uma pessoa excessivamente complacente. Seja atencioso e gentil com os outros, não viola o princípio da liberdade e autodeterminação que você tem.

No entanto, viver para agradar aos outros, muitas vezes resulta em uma perda da nossa identidade e nossa liberdade de fazer, querer e ser o que quisermos a cada momento. Isso também promove a frustração de alguém que tenta agradar, pois nunca conseguirá agradar a todos.


Neste sentido, é muito importante que trabalhemos nossa autoestima e determinação em nossos desejos, pensamentos e ações. Em resposta a isso, devemos seguir a norma do bem-estar, que diz que antes de nos preocuparmos com bem-estar dos outros, devemos nos preocupar com o nosso próprio.

 

___

Traduzido pela equipe de O Segredo


Fonte: La Mente es Maravillosa

Quando a vida fala…

Artigo Anterior

Não procure um amor… Procure ser feliz!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.