“Quem vive para agradar aos outros dificilmente tem tempo para ser fiel a si mesmo” (padre Fábio de Melo)

4min. de leitura

Padre Fábio de Melo nos convida a refletir sobre a necessidade de viver para agradar aos outros e os riscos desse comportamento.



Através de suas redes sociais, o padre Fábio de Melo está sempre compartilhando frases reflexivas sobre a fé e a vida, que nos fazem pensar sobre os nossos comportamentos e aquilo que estamos priorizando em nossas vidas.

Esta semana, ele publicou uma frase de muita sabedoria em seu Instagram, que foi curtida e comentada por muitos de seus seguidores, que compreenderam a proposta de reflexão e reavaliação das próprias atitudes.

A frase do padre diz: “Quem vive para agradar aos outros dificilmente tem tempo para ser fiel a si mesmo”, e retrata uma realidade que muitas pessoas enfrentam todos os dias.


Para alguns de nós, agradar àqueles que estão ao nosso redor é a principal meta da vida. Essas pessoas certamente possuem um passado de abandono ou carregam traumas emocionais muito sérios, por isso fazem de tudo para que não sejam deixados por ninguém de seu convívio.

Elas querem construir relacionamentos duradouros e de reciprocidade mas, muitas vezes, sem perceber, acabam sacrificando a própria liberdade emocional para manter por perto companhias não verdadeiras e que apenas atrasam a própria evolução.

Doar-se ao outro sem nenhum equilíbrio é algo que precisamos evitar a todo custo.


Apesar da necessidade de sermos amados e validados por aqueles ao nosso redor, precisamos encontrar uma maneira saudável de fazê-lo, para que não sejamos manipulados por pessoas egoístas.

Quanto mais nos concentramos em agradar aos outros, menos tempo temos para sermos fiéis a nós mesmos, aos nossos sonhos e à nossa felicidade. Quanto mais abrimos mão de coisas boas para nós em favor de alguém, maior o vazio que cresce em nosso coração, e que nos torna ainda mais incompletos emocionalmente.

Precisamos compreender que pessoa alguma, por mais que nos ame, poderá suprir vazios em nossos corações. Somos nós que precisamos lidar com as nossas dores e curar as próprias feridas, e fazemos isso sendo fiéis a nós mesmos, conhecendo-nos melhor a cada dia e investindo naquilo que nos proporciona alegria verdadeira.

Não há nada de errado em nos dedicar às pessoas importantes para nós, que correspondem aos nossos sentimentos, mas em primeiro lugar devemos priorizar sempre a nós mesmos, pois somos nossas únicas companhias garantidas.

Quando somos fiéis ao nosso coração, vivemos em paz com nós mesmos e construímos relações saudáveis, que vêm para agregar, e não para dominar.

Guarde esse precioso conhecimento com você e use-o para melhorar seus relacionamentos.

 

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.