ColunistasComportamentoO Segredo

Receba de você mesmo o que desejaria receber do mundo…

receba cde voce

E de repente você se vê prisioneiro (a) de todos os seus sentimentos. Uma sensação de sufocamento vai tomando conta de você, seu ar vai sumindo, e você se sente acuada e sem espaço.



Você prefere não desabafar com sua mãe/ou sua melhor amiga, por que sabe que ela não a ouvirá em silêncio, ela irá dar pitacos e talvez, até, a julgará. E, você se sentirá muito pior. Talvez, não haja outra pessoa para você se abrir e sua única vontade é de sumir…

Calma…

Aproveite essa oportunidade de caos e se permita conviver com você mesma. Talvez, não seja o que você gostaria – e sua necessidade de afeto e proteção podem lhe parecer, à primeira vista, que você está mais desprotegida e sozinha do que nunca, no entanto, isso não é verdade.


Seus sentimentos são só seus, e ninguém melhor do que você para saber o que realmente se passa aí dentro e à proporção que esses sentimentos ecoam no seu íntimo.

Tire um tempo para você, questione-se e converse consigo mesma, seja sua melhor amiga.

Mas, por favor, aposente o chicote! Conversar com você mesma, se ouvir atentamente, dispensa qualquer sofrimento ou autopunição. Não se cobre demais, você também merece sua compaixão e bondade.

Você tem todo o direito de “pirar” de vez em quando e se sentir perdida, faz parte do caminho. A vida não é linear, é um sobe e desce de ciclos e momentos, e somos a soma de todos esses acontecimentos.


Acontecimentos/situações que vão moldando nossa personalidade, nossos hábitos, valores e crenças. Permita-se ficar sem ar de vez em quando, é apenas um momento ruim, não uma vida inteira.

Amanhã será outro dia, e certamente você estará muito melhor consigo mesma. Afinal, ninguém melhor do que você mesma para ofertar o que você tanto precisa nesse momento de fragilidade emocional.

Se uma pessoa não tiver nada por dentro, nunca encontrará fora!

Artigo Anterior

”não tenha medo do confronto. Até os planetas se chocam e do caos, nascem as estrelas!”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.