3min. de leitura

Reciprocidade: o equilíbrio entre dar e receber

Qualquer coisa que não seja recíproca em sua vida é totalmente dispensável.


Com o passar dos anos e a maturidade, começamos a entender que não é o excesso que faz algo funcionar, pelo contrário, todo excesso gera falta de algo. E a palavra falta acaba não sendo positiva, pois sabemos que há desequilíbrio em algum fator, por isso é importante equilibrar o dar e o receber.

Quantas vezes nos pegamos tendo atitudes repetitivas com determinadas pessoas, sem receber o mínimo em troca? Entendo e concordo que devemos, sim, dar nosso melhor em qualquer situação, sem esperar nada do outro, porém, acabamos tendo a certeza de que por estar dando o nosso melhor, o outro irá reconhecer isso e também dará o seu melhor, com atitudes do mesmo valor ou até superiores.

A reciprocidade é, sim, uma escolha, você pode – e deve – escolher sempre ser gentil com as pessoas, desejar-lhes um “bom dia” todos os dias, mesmo sem resposta, às vezes, ser educado e elegante em situações cruéis…


Isso são virtudes suas e não devem nunca ser mudadas, independentemente da atitude do outro. Elas fazem parte da sua essência. Tenha orgulho delas.

O que você não pode – e não deve, de forma alguma – é continuar priorizando quem nunca o prioriza, ficar mendigando afeto, romantizando migalhas. Seu tempo é precioso, ele não volta mais – você não terá o dia de hoje nunca mais. Já pensou nisso?

Gaste tempo com quem a faz sentir que é fácil ser amada, com quem descomplica, facilita, não com quem a engana por ego ou apenas falta de caráter.

Vamos pensar agora em investimentos. Se você aplica uma quantia em uma empresa, o mínimo que quer é algum lucro, mas se recebe de volta bem menos do que investiu, você vai ter interesse em continuar investindo nela? É óbvio que não. Que possamos ter essa sabedoria em qualquer área da nossa vida, seja em relacionamentos amorosos, amizades, negócios.


Seja consciente e verdadeiro consigo mesmo, pois a regra é clara: qualquer coisa que não seja recíproca em sua vida é totalmente dispensável.

 

Direitos autorais da imagem de capa: Artsy Vibes/Unsplash.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.