ComportamentoCuriosidades

Reclamar faz estas duas coisas com o seu cérebro:

reclamar faz estas

O neuropsicólogo Donald Hebb acreditava que os neurônios que disparavam juntos estavam conectados. Ou seja, um grupo de neurônios se conecta no cérebro como resultado de experiências de vida específicas.



Quando você tem um pensamento, sentimento, ou uma sensação física, milhares de neurônios são acionados. Todos eles se reúnem para formar uma rede. O cérebro então aprende a desencadear essa mesma rede de neurônios com o pensamento repetitivo.

Com base nesta teoria, se você constantemente se concentrar na negatividade, crítica e estresse, sua mente terá mais facilidade em trazer os mesmos pensamentos em situações semelhantes. Seus padrões de pensamento têm a capacidade de fazer seu cérebro reagir positivamente ou negativamente a uma situação.

reclamar-faz-estas3


Reclamar realmente programa seu cérebro para tornar as reclamações mais prováveis no futuro. Ao longo do tempo, você começa a desenvolver uma mentalidade mais negativa, independentemente do que está acontecendo ao seu redor. Quando surge uma nova situação, o seu cérebro automaticamente assume que deve reclamar.

Queixas constantes são também prejudiciais à sua saúde! Quando você se queixa, seu corpo libera cortisol, muitas vezes chamado de hormônio do estresse. A liberação constante de cortisol coloca seu corpo em modo de luta ou voo, o que aumenta a sua pressão arterial e níveis de açúcar no sangue.

Reclamar constantemente pode levar a uma liberação contínua de cortisol, que pode colocar o seu corpo em risco de inúmeros problemas de saúde. As reclamações podem torná-lo mais suscetível a colesterol alto, diabetes, doenças cardíacas e obesidade. Se essas informações não o fizer pensar duas vezes antes de reclamar, isso fará:



Reclamar leva à depressão e ansiedade

reclamar-faz-estas

Quando você sente vontade de se queixar, existe algum amigo ou membro da família a quem sempre se dirige? Talvez alguém que esteja disposto a conversar com você? Dados de vários estudos publicados em Clinical Psychology and Psychotherapy mostram engajar-se em discussões repetitivas e improdutivas sobre seus problemas pode promover mais sofrimento emocional.

Se você está reclamando constantemente para seus amigos sobre seus problemas, pode pensar que está apenas se libertando, mas está realmente aumentando seus sentimentos negativos. Um estudo publicado na Psychology Developmental descobriu que as meninas que compartilham de problemas com seus amigos experimentam uma amizade reforçada, mas também um aumento na depressão e ansiedade. Alan Kazdin, professor de psiquiatria infantil da Universidade de Yale, disse que os resultados desses estudos são um aviso aos pais. “Falar um pouco sobre problemas é bom, mas muito foco em traumas, lesões e problemas podem incubar – aumentar ou exacerbar – o seu efeito”, explicou.



Como quebrar o ciclo

Somos todos humanos. Reclamar muitas vezes vem naturalmente. No entanto, concentrar-se em pensamentos positivos na maior parte do tempo irá ajudar o seu cérebro a reagir mais positivamente a diferentes situações no futuro. É tudo sobre sua atitude. Uma pesquisa realizada na Universidade da Califórnia descobriu que as pessoas que trabalhavam diariamente para cultivar uma atitude de gratidão experimentaram melhora do humor e energia, juntamente com menos ansiedade devido a níveis mais baixos de cortisol.

Há algumas coisas que você pode fazer para ajudar a reduzir suas reclamações:


reclamar-faz-estas2

1.Tente pensar em algo pelo qual você é grato sempre que os pensamentos negativos começarem a surgir.

Substitua suas queixas com sentimentos de gratidão pelas pessoas em sua vida, o teto sobre sua cabeça, ou algo que te faz feliz.



2.A segunda coisa que você pode fazer é parar e pensar antes de reclamar.

Pergunte a si mesmo que resultado você está procurando ao reclamar. Você quer alguém para lhe dizer que está certo? Você está procurando simpatia? Só quer reclamar pelo ato de reclamar? Se você sente que sua queixa é justificável, seja específico sobre o problema, em vez de ir em uma tangente sobre várias coisas. Lembre-se de ser consciente da pessoa sobre a qual você está reclamando. Se você ficar na defensiva, a outra pessoa também ficará. Por fim, tente terminar de forma positiva.

_____________

Traduzido pela equipe de O SegredoFonte: David Wolfe


Para os amigos que respondem nossas mensagens às duas da manhã…

Artigo Anterior

Fatos sobre a vida que você precisa conhecer…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.