Relacionamentos que seguem o nosso roteiro espiritual ou não…



Quando um relacionamento tem de acontecer, o universo conspira a seu favor e as circunstâncias são direcionadas de tal forma para que tudo seja facilitado para o desfecho desta união.

Este artigo vem incentivar a reflexão sobre os relacionamentos entre casais e suas origens dentro dos desígnios da espiritualidade ou quando oriundas do puro livre-arbítrio.

Não é a intenção deste artigo identificar ou sugerir que um ou outro relacionamento seja ou não originado por nosso roteiro espiritual ou pelo livre-arbítrio, mas tão somente entender melhor as consequências de um e de outro em nossas vidas e o efeito evolutivo consequente.

Quando um relacionamento tem de acontecer, o universo conspira a seu favor e as circunstâncias são direcionadas de tal forma para que tudo seja facilitado para o desfecho desta união, seja uma união cármica ou missionária, porém sempre de aprendizados principalmente quando geram filhos que são os produtos desta união.

Nosso roteiro espiritual contempla nossos compromissos cármicos, evolutivos e sempre vai nos direcionar, mesmo inconscientemente, para que aconteça o melhor para nosso aprendizado e dentro de nossa capacidade para lidar com as situações que este relacionamento envolver, ou seja, recebemos o frio e também o cobertor adequado para atravessarmos este desafio, missão ou bênção.

Não se trata aqui de almas gêmeas ou almas afins, mas almas companheiras, parceiras com um objetivo em comum na vida, com um roteiro ajustado, mesmo que temporário.

São como trabalhadores de uma mesma empresa, que sabem que têm que desenvolver um trabalho comum e com um determinado padrão de qualidade. Eles têm comprometimento e responsabilidade no exercer de suas funções.

Já nos relacionamentos de puro livre-arbítrio os resultados são tóxicos, decepcionantes, armadilhas da vida criadas por nós mesmos, cujas consequências danosas teremos que assumir, até que mudemos de rumo e entendamos a seriedade de um relacionamento em nossa jornada física.

Quando estamos seguindo nosso roteiro, mesmo os desafios cármicos mais difíceis são ultrapassados e trazem aprendizado profundo e redenção de erros passados para que possamos seguir em frente até que termine nosso contrato terrestre.



Já no exercício do livre-arbítrio, quando nos desviamos do roteiro por rebeldia ou inconsciência ficamos à mercê das circunstâncias, como um barco à deriva, ao sabor das intempéries, sem rumo e sem destino, é preciso muita esforço e consumo de energia para reencontrar o caminho do roteiro espiritual, que se tivesse sido seguido proporcionar-nos-ia uma jornada rica de evolução ao espírito errante.

Portanto procuremos observar os sinais pelo caminho, estar atentos e saber que o universo conspira a nosso favor. Se estiver verificando o efeito contrário, pare um instante e reflita, pois, talvez, seja a hora de mudar e acertar o seu roteiro.

Porém, não espere que alguém lhe diga isso, pois o conselho mais seguro vem de dentro de nós, do nosso coração que nunca se engana, diferente da mente racional, que julga a partir do mundo externo e não do interno.

A mensagem que vem de dentro é a mensagem segura e deve ser observada e refletida porque não sofre interferências externas, ela é pura, autêntica.

Faça sua escolha com a sabedoria, pois um relacionamento bem escolhido pode nos elevar a um patamar de grandes evoluções e realizações concretas e duradouras, assim como uma má escolha pode conduzir a um caminho sem retorno ou com grandes perdas e atrasos desnecessários no caminho da nossa evolução. Sejam felizes e façam escolhas com sabedoria!


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: rawpixel / 123RF Imagens






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.