O SegredoReflexãoVida

Relaxe… Tudo está certo

É natural que todos nós, nas nossas ilusões, pensemos que somos pessoas que vão consertar o mundo. Pegamos as nossas ferramentas todas as manhãs e a noite nos frustramos, pois apesar de todo nosso esforço durante o dia, ele parece continuar quebrado.



Nestas noites vêm as vozes do desânimo dizer que o mundo está perdido, que as pessoas não tem mais salvação e que tudo só tende a piorar.

Mas, lembro-me do dia que cansei de tudo isso e abandonei todas as ferramentas. Por incrível que pareça, isso não foi no dia que entendi que o mundo não tinha mais conserto. Pelo contrário, foi no instante em que eu compreendi que não havia o que consertar. Que todo meu trabalho não estava fora, mas dentro de mim. Porque… tudo está certo.

Esse foi o instante em que a verdade bateu na minha porta, me dizendo que ninguém tem o controle do mundo, mas que cada um pode ter a posse de si. Aceitei nessa hora que o mundo está muito longe de ser controlado por mim e que se meus esforços não o mudam completamente, pelo menos mudam a única parte que me cabe nele, que sou eu mesmo.


Tudo que existe na vida tem uma função. Se nossa função fosse realmente mudar o mundo ou mudar as pessoas, todos nós estaríamos fadados ao fracasso, porque isso está muito além de nossas capacidades.

Para transformar o mundo existe essa Inteligência Universal. É ela que sabe que cada coisa que existe tem um motivo, que cada ser é um pedaço do quebra-cabeça que só ela sabe montar.

Não adianta continuarmos com essa mania de querer controlar tudo. A vida é mais sábia que nós e tudo não precisa estar no lugar que imaginamos ser o ideal, mas no lugar que verdadeiramente é o certo para tal coisa.

Se o mal e a dor ainda existem é porque ainda encontram espaço em nosso mundo, mas a vida sabe que até elas tem uma função dentro do equilíbrio universal e que quando não precisarmos mais delas, elas não estarão mais ali.


Por isso nos cabe respeitar essa inteligência que tudo sabe e tudo controla. É hora de relaxar e admitir que tudo está certo dentro da parte que lhe cabe. Assumir a reponsabilidade sobre a nossa parte é largar a pretensão de ser o herói do mundo e tornar-se o artesão de nossa própria alma. Porque a parte que a vida me deu sou eu, e só em relação a ela posso realmente fazer a diferença.

Por esse motivo que ninguém me venha com seu drama, com sua falta de fé, com a sua incompreensão, para me dizer que a vida está errada. Porque, me desculpe, mas entendi há muito tempo que Deus não erra.

Então, parei de tentar usar as ferramentas da minha alma lá fora, e comecei a trabalhar com elas dentro de mim. Encontrei o meu pedaço de vida, o pedaço do mundo que realmente estava ao meu alcance.

E trabalhando nele entendi que tudo está certo e que a única reponsabilidade que a vida me deu era eu mesmo. E que só trabalhando em mim eu poderia fazer alguma diferença verdadeira no mundo.


Por isso relaxe… tudo está certo, pois tudo está onde a vida colocou. E a vida… Ah, a vida! Ela sempre sabe o que faz!

Os inevitáveis (e abençoados) pontos finais

Artigo Anterior

Perdoe-me! quando o assunto é amor, não sei ser diferente!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.