Respirar para curar!

Inspira… respira… não pira! Você já deve ter ouvido essa frase, mas é pouco provável que você tenha ouvido falar desse cara: Wim Hof.

E se sabe alguma coisa, deve ser relativa aos recordes que o “The Iceman” acumula por aguentar baixas temperaturas.

Com a tríade: frio-respiração-comprometimento ele diz que as pessoas podem melhorar sua qualidade de vida ativamente.

O que eu acho legal nele é que Wim Hof quer nos ensinar a fazer isso. Daí você pergunta: e lá eu quero passar quase duas horas com o corpo enterrado no gelo? Não. Nem eu quero, mas nós queremos aliviar problemas físicos e mentais como ele faz, controlando a mente e a respiração.

E ele insiste que qualquer um é capaz de, entre outras coisas, controlar o hipotálamo (que regula a temperatura corporal) e o sistema hormonal. Mas por favor, não pule em um lago congelado ou tente fazer o exercício na água. Wim Hof tem anos de prática de meditação, respiração controlada e exercícios no gelo.

Então o que vale a pena aprender com Wim Hof? Ele sempre foi um cara de lugares gelados, mas para lidar com a dor e conseguir cuidar dos quatro filhos após o suicídio de sua esposa, ele desenvolveu muitas técnicas.

Mas tem uma em especial que tenta mostrar para o mundo e o jeito que encontrou foi chamar a atenção por meio de suas façanhas geladas.

Entre tantas promessas furadas e gente vendendo milagres, eu acho que ele tem uma coisa bacana e útil para nós. E que já vem de fábrica: respirar.

Eu confesso que dá uma desconfiança no começo, mas depois de um ano fazendo isso todos os dias eu posso dizer que muita coisa melhorou, por dentro e por fora. Não pego mais gripes e quando sintomas de qualquer espécie aparecem eu aumento a frequência dos exercícios e tudo passa logo.

Inclusive, tem um jornalista investigativo chamado Scott Carney que se propôs a escrever um livro para desmascarar o método de Wim Hof, mas acabou virando um de seus seguidores.

Wim Hof dá cursos e você pode encontrar mais detalhes sobre o exercício na internet, mas a versão básica da técnica é essa:

Fase 1: Respire fundo, enchendo completamente os pulmões. Expire liberando apenas 80–90% do ar inspirado. Repita trinta vezes.

Fase 2: Na respiração 31, esvazie completamente o pulmão e segure o quanto puder.

Fase 3: Quando sentir urgência em respirar, inspire profundamente e tranque a respiração outra vez, mas agora por 15 segundos.

Respire normalmente por 3 minutos e repita mais duas vezes as 3 etapas — isso se você estiver interessado no que ele promete e alguns estudos comprovam: melhor sistema imunológico e saúde mental, alívio do estresse, mais energia, sono satisfatório, mais determinação e concentração, ajuda com a depressão entre outras coisas.

Não sei você, mas eu quero muito disso. Adoro coisas que me deixam melhor.

Para quem não sabe mais o que fazer, a medicina não ajuda, a promessa não funciona, a cura não vem, a ansiedade não passa: só respire.

Um dia eu conto sobre como ele come uma única refeição por dia há 38 anos.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: iakovenko / 123RF Imagens



Deixe seu comentário