Comportamento

Influenciadora que queria refeição grátis recebe contraproposta de restaurante: “O que gastar será doado”

Foto: Reprodução
Restaurante nega refeição grátis a influenciadora e faz contra proposta ‘O que você gastar será doado

Os internautas ficaram espantados com a forma como a influencer pediu a refeição de graça, e concordou com a resposta que recebeu.

As redes sociais e sua popularidade acabaram abrindo caminho para o surgimento de profissões que antes sequer poderíamos imaginar, que se relacionam diretamente com popularidade e engajamento. Se há alguns anos, termos como “influenciador”, “social media”, “reações” e “algoritmo” eram completos desconhecidos, hoje essa realidade se alterou.

Junto com essa infinidade de novos usos da palavra, também passamos a vislumbrar como esse mercado recém-criado se comporta. A quantidade de reclamações, críticas e sugestões de como nem sempre essa engrenagem das redes funciona é grande, e muitos usuários fazem questão de compartilhar suas experiências, como foi o caso do perfil @soycamarero.

Em uma publicação que já acumula mais de 30,9 mil curtidas no Twitter, o usuário do perfil compartilhou a resposta que uma influenciadora que estava em busca de uma refeição grátis para duas pessoas no restaurante El Comado, na Espanha, recebeu do proprietário do local. O perfil Soy Camarero (sou um garçom, em tradução livre), se destina a mostrar abusos e má gestão no setor de bares e restaurantes, fazendo postagens de flagras e críticas que costumam fazer sucesso.

A precariedade do trabalho é um dos principais temas, e são os próprios funcionários ou responsáveis por outras páginas na internet que compartilham com Soy Camarero essas denúncias. No dia 26 de junho, o perfil recebeu uma captura de tela de um diálogo que uma influenciadora, que não teve o nome divulgado, teve com o restaurante espanhol.

2 24

Direitos Autorais: Reprodução

Pelas redes sociais, a mulher anunciou que estava passando por Castellón, província que fica na parte oriental da Espanha, e propôs ao restaurante El Comado um jantar grátis para ela e um acompanhante em troca de três stories e quatro fotos e vídeos que o estabelecimento poderia usar em seu perfil. Imediatamente, o profissional responsável por administrar a página do local enviou uma resposta para ela que acabou se tornando viral.

“Você pode vir almoçar, jantar ou lanchar e o mesmo valor gasto em nosso estabelecimento será doado em seu nome para a ONG Acción contra el Hambre. Você poderá publicar e nos marcar sem problemas nas redes sociais, para ganhar seguidores e reputação”, respondeu o restaurante. Vendo que a tentativa tinha sido frustrada, já que teria que pagar pela comida, ela respondeu que fazia doações por outro meio, e que talvez em outra ocasião iria ao local.

Respostas

1 32

Direitos Autorais: Reprodução

O público aplaudiu a resposta do restaurante, e se atentou para o fato de que são muitos os influenciadores e produtores de conteúdo para as redes sociais que, quando possuem um número de seguidores alto, passa a querer usufruir de estabelecimentos e produtos sem pagar. A nova moeda de mercado já não é mais o dinheiro, e sim o engajamento e o alcance que as publicações podem ter.

Um usuário chamado Antonio Arcones, reforçou que esse esquema de troca entre os influenciadores e lojas ou estabelecimentos é complexo, já que as críticas sempre serão positivas dos locais que frequentam. Essa ausência de liberdade, acontece por conta da ausência de pagamento, o que transforma uma crítica ou uma indicação em uma publicação tendenciosa.

Muitos apontaram a reação do estabelecimento como engraçada, mas o comportamento dos “influenciadores” extremamente problemático, já que sequer trabalham ou pagam pela maioria das coisas que consomem. O tema realmente gerou polêmica, mas a maioria dos usuários acabaram ficando do lado do restaurante.