Reverencie seus antepassados sem tristeza, mas com amor…

Saudade não precisa ser dor!

Hoje nós não vamos treinar, vamos ritualizar…

Hoje é um dia que me toca muito, o 2 de novembro – Dia de Finados – é o momento do ano em que lembramos dos que se foram.

No meu caso, eu oro pelo bem-estar dos que amo e não estão mais aqui, diariamente.

Mas se você não tem esse hábito, eu o convido a uma linda reflexão.

A morte como aniquilamento da personalidade não existe; o que existe é uma incapacidade em nos comunicarmos com quem permanece vivo em outra dimensão, daí a saudade.

Mas que essa saudade não seja motivo de tristeza amargurada!

Por que não girar o eixo e fazer o processo de lembrar, sem sofrer? Lágrimas que rolam não significam sofrimento. Você pode chorar, mas se isso acontecer, que seja um pranto de gratidão aos que vieram antes de nós e pavimentaram o mundo que temos hoje.

Pegue as fotos mais amadas, liste os nomes de quem não está mais aqui e vamos reverenciar sua memória. – Divido com você a reverência que farei hoje aos meus antepassados e ancestrais:

“Hoje, eu honro e homenageio a sua existência neste mundo durante o período em que pude estar com todos vocês.

E reverencio a sacralidade de vossas vidas, agradecendo do fundo do meu coração e com todo o amor da minha alma o amor, o carinho e o afeto que trocamos.

Não se preocupem comigo, eu estou bem, fazendo o melhor por mim e sei que estou me saindo bem nessa tarefa. Vocês podem ficam em paz.

Que a paz que excede todo o entendimento habite vossas consciências e o abraço que não posso mais dar, de alguma forma, seja sentido por vocês, que eu permanecerei amando tanto e para a eternidade.

Obrigada, obrigada, muito obrigada por tudo!

Obrigada pelos momentos em que chorei e vocês estiveram ao meu lado, mesmo sem eu ver, enviando-me vibrações de paz e amor, sem eu – conscientemente – perceber, mas captando cada gota de luz emanada.

Obrigada pela força e pelo apoio, eu sinto vocês comigo e em mim.

Agradeço toda a proteção e o cuidado, o carinho emanado e as energias de amor recebidas.

Envio a todos vocês, o meu amor e gratidão.

Que nessa data, haja festa no céu, pois vocês o tornam mais bonito, mais luminoso e cheio de amor.

E que as energias de todo o Universo se unam pelo vosso bem-estar e alegria, que sejam úteis ao Plano Divino de harmonia Universal e continuem vossa jornada cientes de que, para todo o sempre, são luz no meu coração…”

Após essa reverência, olhe para o céu, vibre amor e saiba, eles receberam tudo o que foi dito.

Com amor,

Rayra Kalidan

__________

Direitos autorais da imagem de capa: loganban / 123RF Imagens



Deixe seu comentário