Rezamos por um mundo diferente, mas fazemos exatamente a mesma coisa por toda a nossa vida…

Rezamos por um mundo diferente, mas fazemos exatamente a mesma coisa por toda a nossa vida…

Engraçado assistir ao quanto a sociedade se diz moderna e reformada, mas de forma velada continua preconceituosa e retrógrada.



Luta-se por aceitação ao mesmo tempo em que não se aceita ou “não aceitar”.

Pesa-se o que se come, mas não se pesam as ações antes de serem praticadas.

Numeram-se carros, casas, dias, altura, calorias, pessoas, e em meio a isso, enumeram-se dores, desafetos e receios já conhecidos pela alma humana há séculos.


Mudam as classificações, mas continuamos todos simplesmente classificados: brancos, negros, altos, baixos, gordos, magros, chatos, simpáticos, amargos, inteligentes, despojados e ensimesmados.

Fingimos que não julgamos e fingimos não sermos julgados. Fingimos que não nos incomodamos e adormecemos todas as noites incomodados.

Muitas teorias, pouca aplicabilidade. Muitos projetos, pouca execução.


Investimentos diversos para alcançar os mesmos resultados.

Rezamos por um mundo diferente, mas fazemos exatamente a mesma coisa por toda a nossa vida, por gerações, por séculos.

Reclamamos por vida, mas agimos por sobrevivência.

___________

Direitos autorais da imagem de capa: wavebreakmediamicro / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.