Saudações,



Na letra da música Amor para Recomeçar, do guitarrista Frejat, temos o trecho baseado em poema de Vitor Hugo em que diz: rir é bom, mas rir de tudo é desespero. No poema original do poeta francês, temos “que o riso diário é bom, o riso habitual é insosso e o riso constante é insano.”

Em ambos os versos, percebemos que o estar rindo não é sinônimo de alegria nem sinal de felicidade. Por sinal, assim como define a OMS (Organização Mundial de Saúde) que saúde não é a ausência de doença e sim, um bem estar físico, mental e social, tem que felicidade não é a ausência de infelicidade e sim, ter saúde física e mental para podermos ficar felizes quando for o caso de ficar feliz. Ou seja, não devemos nos iludir esperando a felicidade como um estado permanente, pois a felicidade fora de hora, sem justificativa, pode indicar um transtorno chamado mania, quando ocorre um excesso de atividade do sistema de recompensa do cérebro.

A mania é o outro lado da depressão, formando o transtorno bipolar (antigo transtorno maníaco-depressivo) embora atualmente a medicina comece a reconhecer a mania como um transtorno em si, sem necessariamente ter a outra face depressiva.


O fato é que o estado de felicidade é uma conquista e que devemos trabalhar sempre para atingi-la. Como dizia o filósofo Aristóteles, a felicidade é consequência de uma atitude. E qual atitude? A atitude de saber sempre fazer o melhor possível de acordo com nossas possibilidades e as oportunidades que a vida nos oferece.

E felicidade gera felicidade, daí que ao estarmos constantemente buscando-a e atingindo-a, estaremos gerando cada vez mais expectativas positivas criando um círculo virtuoso de felicidade.

E nisto que devemos acreditar, na nossa capacidade de gerar felicidade, pois ela não é obra do destino ou do acaso e sim, de nossa atitude positiva para com a vida.

Só para registro e reflexão.


Fecha o pano.

Por Fernando Martins

O dedo podre para os relacionamentos

Artigo Anterior

Se você soubesse qual seria seu o último dia…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.