Ritual de Conexão com o Anjo Guardião:

Para se conectar com o seu anjo da guarda e receber a sua ajuda para qualquer momento da sua vida, você pode fazer esse exercício de conexão:

Sente-se de pernas cruzadas no chão, voltado para o leste. Coloque ao seu redor vários cristais de quartzo branco, cada um em um ponto cardeal. À sua frente, outro atrás e um de cada lado formando uma cruz.

A sua frente coloque um copo transparente contendo água filtrada. Se quiser pode colocar um cristal de quartzo rosa ou branco para potencializar a sua energização. Atrás do copo, coloque uma vela comum branca acesa.

Em seguida, respire profundamente pelo nariz, segure a respiração contando até três e expire pela boca. Repita esta respiração por seis vezes ou até se sentir completamente relaxado. Depois da respiração, visualize um raio de luz que sai do quartzo que está a sua frente, o qual se estenderá até o quartzo a sua direita, e depois para o da esquerda, o que está dentro do copo, até terminar no quartzo que está a sua frente novamente.

Faça a oração dos noves coros angelicais:Em Nome do Criador do Universo e do Coro Angelical, de luz celestial: brilhantes Serafins, de fogo e de rubi, rodeiem minha pessoa, tragam o amor a mim. Poderosos Querubins, que brilham como o sol,  afastem de mim o ódio, a pena e a dor. Tronos, sejam firmes, sejam estáveis com asas de cristal e estabeleçam-me e mantenham-me ancorado na terra. Eu chamo os Domínios, é justa invocação que seja sempre justo toda a decisão. Eu peço aos Poderes sua luz de proteção. Salva-me do perigo, do mal e da traição. Virtudes milagrosas flutuem cerca de mim. Que a virtude me guie. Venha aqui neste momento. Os Principados tragam a paz ao mundo, que ele seja bendito, em êxtase profundo. Arcanjos gloriosos, guiem-me pelo melhor caminho. Aos anjos divinos, que servem o Criador, que assim eu possa também servir, na luz, na paz e no amor. Amém”.

Em seguida, já bem conectado com os sentimentos de paz interior e com a mente vazia de pensamentos, olhe para a chama da vela através do copo de água contando bem devagar em ordem decrescente a partir do dez. Feche os olhos e imagine a chama da vela entre as suas sobrancelhas, exatamente no chacra ajna, ou do terceiro olho.

Comece a chamar pela presença do seu anjo guardião, ou por um arcanjo em particular. Pronuncie o nome do seu anjo se souber, por sete vezes em voz alta lentamente, com os olhos fechados.

Conforme vai repetindo o nome do seu anjo, vá se sentindo cada vez mais leve e conectado à ele. Quando terminar de repetir o seu nome, vá sentindo cada vez mais forte perto de você, a presença dele como uma grande fonte de luz, amor e proteção que permeia a sua essência, enchendo-o de paz. Não é comum para algumas pessoas, ver ou ouvir o anjo. Sentimos a sua presença pela paz interior e pela sensação clara de amor que invade o ser; as informações chegam por meio da intuição, de ideias claras, de pensamentos ou mais tarde, por uma frase que ouvimos ou lemos e até mesmo por meio do sonho.

Neste estado de êxtase e meditação, você receberá uma ou mais mensagens do seu anjo guardião, as quais chegarão à sua mente como se uma voz interior lhe estivesse falando.

Neste estado de profundo relaxamento, você poderá fazer perguntas a ele e quando sentir que ele não está tão próximo, se afastando e desconectando da ancoragem, conte novamente, mas dessa vez em ordem crescente até o dez. Abra os olhos. O ritual está terminado. Desfaça o círculo, recolha os objetos que podem ser guardados para serem usados novamente quando quiser repetir o ritual ou outro para o seu anjo guardião.

 ________

Direitos autorais da imagem de capa: mavoimage / 123RF Imagens



Deixe seu comentário