Comportamento

Rômulo Estrela compartilhou imagens brincando de boneca com o filho: “Não deveria existir tabu”

Nas redes sociais, o ator contou sobre a decisão de dar uma boneca ao filho de 4 anos. Confira!



Desde muito tempo, meninos e meninas vêm sendo criados sobre muitos papéis de gênero, que definem aquilo que é “de homem” e aquilo que é “de mulher”.

Para grande parte da sociedade, isso se trata de algo normal, pois é assim que as coisas sempre foram. Existem roupas, cores, objetos e muitas outras coisas separadas nessas duas definições simples, que nos ajudam a caminhar pela vida dentro dos padrões.

No entanto, nem todas as pessoas concordam com essas normas. Cada vez mais aumenta o número daqueles que enxergam essas imposições como uma maneira de classificar as pessoas, muitas vezes, contra a própria vontade e de tirar a sua liberdade.


Por conta disso, diversos movimentos apoiando que muitas coisas em nosso dia a dia não tenham mais gêneros, têm se tornado cada vez mais populares, alcançando o apoio de todas as camadas da sociedade. Além das manifestações, várias pessoas estão mudando a maneira como criam os filhos, colocando esse conceito em prática e inspirando muitas outras.

Já falamos por aqui sobre a atriz Gisele Itiê, que revelou comprar bonecas para o filho, para que ele aprenda desde cedo a não ser “machista”. Mas ela não é a única do mundo dos famosos a pensar da mesma maneira.

No ano passado, o ator Rômulo Estrela, que é casado com Nilma Quariguasi, compartilhou uma publicação nos stories do seu Instagram em que aparece brincando com o filho Teo, na época com 4 anos, e uma boneca.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@romuloestrela.


Direitos autorais: reprodução Instagram/@romuloestrela.

Depois de interagir um pouco com o filho, Rômulo tomou um tempo para falar com os seguidores sobre o assunto. O ator explicou que ele e a mulher acharam que seria uma boa ideia dar uma boneca para o filho, já que ela o ajudaria a ter um registro afetivo da infância e a criar uma boa relação com o futuro filho ou filha, caso Teo um dia decida ser pai.

Sabendo que posicionamentos como o seu costumam gerar polêmicas, Rômulo também disse que acha “louco” existir um tabu por trás dessa questão, quando o certo era que não existisse. Segundo ele, todos temos que “dar vazão para nossa sensibilidade, do que é genuíno na gente, que é ser sensível”.

Ele contou que sempre teve a liberdade de externar a sua sensibilidade, e que isso foi fundamental para fazer escolhas na vida pessoal e profissional. Como forma de conselho, ele terminou sua reflexão pedindo para as pessoas serem mais sensíveis.


Apenas 1 em cada 10 pessoas consegue encontrar o elefante nesta imagem. Você é uma delas?

Artigo Anterior

Esses são os 3 signos mais desonestos. Eles trapaceiam e enganam todos ao seu redor!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.