Pesquisas

Rússia conclui a primeira fase de testes de vacina contra covid-19. Produção pode começar em setembro!

vacina russa

O país informou que a primeira fase de testes em humanos foi concluída e, se forem bons também os resultados das fases 2 e 3, a produção das vacinas poderá começar em setembro.



A ciência mundial tem-se concentrado em produzir uma vacina eficiente contra o coronavírus, que desde o começo do ano já infectou mais de 13 milhões de pessoas em todo o mundo e levou mais de meio milhão de vidas.

Atualmente, dezenove vacinas experimentais contra a covid-19 estão em fase de testes em humanos, e uma delas, que está sendo desenvolvida pela Rússia, terminou a primeira fase com sucesso, trazendo esperança de que logo poderemos nos imunizar contra o vírus.

A Rússia anunciou no último domingo (12) o final da primeira fase. Segundo o governo, os primeiros resultados foram satisfatórios e, se assim se mantiverem, a produção da vacina poderá começar em setembro próximo.


O Ministério da Defesa russo comunicou que 38 voluntários estiveram envolvidos nessa primeira fase de testes, todos com resposta imunológica com a vacina.

Apesar disso, mais duas rodadas serão realizadas – a previsão é que a segunda aconteça em 28 de julho e a terceira em 14 e 15 de agosto.

Alexander Lukashev, diretor do Instituto de Parasitologia Médica, Tropical e Doenças Transmitidas por Vetores, da Universidade Sechenov, em Moscou, tranquilizou a população em relação à segurança da vacina, em entrevista à agência russa de notícias “Sputnik”. Ele afirmou que ela segue o mesmo padrão de segurança das vacinas que estão no mercado atualmente.

A primeira fase de testes teve como objetivo avaliar a segurança da vacina, enquanto a segunda se concentrará em analisar o nível de anticorpos formados no sangue, o que deve confirmar a eficiência da vacina.


Na terceira fase, que começará depois da aprovação do governo, mais pessoas receberão a dose da vacina e ficarão em supervisão. Estima-se que isso aconteça em meados de agosto. O sucesso dessa fase permitirá o começo da produção das vacinas.

Essa notícia traz a esperança de que teremos uma vacina contra o coronavírus ainda em 2020.

Já existem duas vacinas em fase de teste 3: uma da chinesa Sinopharm e outra da AstraZeneca e Universidade de Oxford (Reino Unido), cujos testes estão sendo feitos também no Brasil.

O rápido avanço das pesquisas é uma prova de que muitas pessoas estão trabalhando para que superemos esta crise o mais cedo possível. Enquanto isso, devemos manter as medidas de prevenção para cuidar de nós mesmos e daqueles ao nosso redor, enquanto não temos a imunização disponível.


Compartilhe a boa notícia em suas redes sociais e cuide-se!

 


Todas as noites, oro por mim e minha família, e confio que Deus nos livrará de todo o mal!

Artigo Anterior

Teste sua capacidade de percepção: você consegue encontrar os 12 rostos escondidos na imagem?

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.