Comportamento

Sandra Annenberg abre o jogo sobre o peso da idade e menopausa: “Não é fácil envelhecer”

Foto: Reprodução
capa site Sandra Annenberg abre o jogo sobre peso da idade e menopausa Nao e facil envelhecer

“São 25 sintomas que existem no climatério, e você ainda vai ter o seu. Cada uma vai ter o seu”, disse a jornalista no bate-papo com outras mulheres de peso.

O Ministério da Saúde explica que o climatério é o período de transição em que as mulheres passam da fase reprodutiva para a pós-menopausa. Assim, a última menstruação da mulher, que recebe o nome de menopausa, acontece durante o climatério, mas até esse momento existe um longo trajeto, e cada uma sente as mudanças de maneira diferente.

Aos poucos, as funções dos ovários vão diminuindo, e a menstruação cada vez mais espaçada, até o momento em que cessa. Os dados estatísticos apontam para os 50 anos a idade média da última menstruação, mas o climatério começa por volta dos 40 anos e pode se estender até os 65, dependendo de cada mulher.

Em entrevista ao programa Saia Justa, da GNT, a jornalista Sandra Annenberg falou abertamente sobre como tem sido sua experiência com o climatério e como esse processo tem impactado sua vida. Aos 53 anos, ela explicou os processos naturais do envelhecimento feminino, reforçando que não acha nem um pouco maravilhoso e que as mulheres não têm o hábito de falar sobre o assunto.

“A mãe fala para a gente da primeira menstruação, da transa — quando fala —, mas ninguém fala sobre menopausa. É porque é simples: ninguém quer falar sobre envelhecimento. Não é fácil envelhecer, não é gostoso, é sofrido”, disse a jornalista. De acordo com seu relato, além da pele seca, existem outros 25 sintomas possíveis e que cada mulher vai se deparar com um deles, fazendo do climatério “um processo quase único”.

2 Sandra Annenberg abre o jogo sobre peso da idade e menopausa Nao e facil envelhecer

Direitos autorais: reprodução Instagram/ @sandra.annenberg.real

Sandra acreditava que o processo não seria difícil, mas se deparou com um momento difícil e, quando se deu conta de que não era mais a mesma pessoa, a depressão apareceu. Ainda assim, o fato de não menstruar mais pode ser encarado como um ponto positivo e essa movimentação em busca de quem você se tornou pode se revelar algo impressionante.

3 Sandra Annenberg abre o jogo sobre peso da idade e menopausa Nao e facil envelhecer

Direitos autorais: reprodução Instagram/ @sandra.annenberg.real

Com ânsia de se reconhecer daqui para a frente, de saber quem vai ser, ela acredita que o período da crise em algum momento vai passar e a bonança vai começar. Junto com a jornalista, as entrevistadoras Astrid Fontenelle, Luana Xavier, Larissa Luz e Sabrina Sato conduziram o programa, fazendo questão de encarar o tema envelhecimento como algo natural, mas também como um ponto que precisa de mais atenção da sociedade.

Famosas e o climatério

Não foi apenas Sandra quem falou um pouco sobre seu processo de envelhecimento na mídia, outras famosas fizeram questão de abordar o assunto em outros momentos. A também jornalista Astrid Fontenelle foi uma delas, e em 2013 explicou que a expectativa da idade foi uma das principais problemáticas, mas assim que se percebeu muito bem aos 50 anos, não encarou mais o fato de maneira negativa. Para ela, a chegada da menopausa foi suave, e o sexo também se revelou mais tranquilo, sem tanta neura com gravidez.

4 Sandra Annenberg abre o jogo sobre peso da idade e menopausa Nao e facil envelhecer

Direitos autorais: reprodução Instagram/ @astridfontenelle

No ano passado, quem abordou a questão foi a atriz Cláudia Raia, 54 anos. Em entrevista ao UOL, ela explicou que a vida não chega ao fim por conta da menopausa. Depois de alguns sintomas, ela começou um tratamento de reposição hormonal, freando assim o descontrole emocional e outras questões.

5 Sandra Annenberg abre o jogo sobre peso da idade e menopausa Nao e facil envelhecer

Direitos autorais: reprodução Instagram/ @claudiaraia e reprodução Instagram/ @angelicaksy

Angélica também entrou na lista de celebridades que falaram sobre esse delicado momento, e reforçou algo que a própria Sandra comentou no Saia Justa: as mulheres pouco falam sobre esse momento, e quando entram no assunto, acreditam que é o fim da vida. Apostando em um processo sem sofrimento, ela finalizou dizendo, também em entrevista ao UOL, que existem formas de lidar com esse momento e que a vida pode ser maravilhosa.

0 %