Saudação à lua!

A saudação à lua é uma pratica de yoga que deixa o corpo flexível e forte.



É muito importante durante esta pratica ter consciência de que fase da lua se está.

Acumula-se mais energia durante a lua cheia e a crescente.

Segundo Tim Miller; “Como tudo é formado por água (o ser humano por aproximadamente 70%) somos afetados pelas fases da lua.


A energia da lua cheia corresponde ao final da inspiração quando a força prana é máxima. É uma força expansiva e direcionada para cima, que nos faz sentir energéticos e emotivos, mas não muito aterrados.

A lua nova corresponde ao final da inspiração, quando a força apana é mais forte. Apana é a força de contração, direcionada para baixo que nos faz sentir calmos e aterrados, mas densos e aversos ao esforço físico”.

A prática de yoga harmoniza, equilibra, torna-nos consciente das nossas emoções, sensações e dos ciclos da natureza e como somos influenciados por isso.


Assim como Surya Namaskara, (saudações ao sol), devem nos conectar com a energia lunar, feminina e suas variações através da pratica de chandra namaskara.

“Mediante o domínio do yoga se adquire ao final o conhecimento da verdade que libera a alma da escravidão”.

Por: Gheramda Samhita – Via Om Shanti.

SAUDEM

Via: O Mundo de Gaya

Como fazer a saudação à lua no ioga

A saudação à lua, ou Chandra Namaskar, é uma sequência de posturas fluidas no ioga. A postura é tipicamente praticada na lua cheia para homenagear ou aproveitar a energia da lua. Ao contrário do seu contraponto yang, a saudação ao sol, que é uma sequência agitada e rápida – a saudação à lua é uma prática yin, tranquila e devagar. Existem muitas variações para esta posição, fazendo parte da maioria dos treinos de ioga.

    1. Posição da Montanha. Com os pés firmes no chão, junte as pernas e posicione a cabeça para cima, na direção da lua. Você pode escolher a mudra (posição das mãos) em oração ou então manter os braços na lateral do corpo, com as palmas das mãos abertas.

    2. Posição da Meia-Lua. Levante os braços acima da cabeça, apontando para cima e com os dedos entrelaçados, e incline-se para a direita. Mantenha os pés firmes no tapete e certifique-se que seu quadril esteja projetado para frente. Sinta o alongamento do lado esquerdo do seu corpo. Respire fundo algumas vezes, inspirando profundamente e relaxando ao expirar. Retorne para a posição central e repita o exercício do lado esquerdo.

    3. Na posição da Deusa, suas pernas devem estar em um ângulo de 90 graus

      yoga poses and exercice image by Jake Hellbach from Fotolia.com

       

       

      Posição de Deusa. Coloque o pé direito a cerca de 1 m do corpo e aponte-o ligeiramente para fora. Dobre ligeiramente as pernas e agache até alinhar o quadril com os joelhos. Levante os braços em uma posição de cacto, com os cotovelos em um ângulo de 90 graus e os dedos apontando para cima. Você também pode deixar as mãos em posição de oração. Mantenha os calcanhares no chão e o quadril para baixo. Suas pernas devem estar em um ângulo de 90 graus.

    4. Posição de Estrela. Sem mexer os pés, estique as pernas e levante o quadril até ficar de pé. Levante os braços abertos lateralmente até a altura dos ombros.

    5. Estique a mão esquerda para cima

      yoga pose image by chinatiger from Fotolia.com

       

       

      Posição Triângulo. Aponte o pé direito para a direita e mantenha o esquerdo para frente. Mantendo os braços no mesmo lugar, incline para direita e para baixo, de modo que sua mão direita esteja apontando para o chão e a esquerda para cima. Os braços devem estar abertos.

    6. Posição Pirâmide. Do triângulo, abaixe a mão esquerda para o chão e coloque as duas mãos ao lado do pé direito. Gire os dois pés para que apontem para frente. Seus dedos do pé e quadril devem apontar para o lado direito. Abaixe a cabeça e tente tocar a testa nos joelhos.

    7. Incline-se para frente

      Yoga image by Yvonne Bogdanski from Fotolia.com

       

      Incline-se para frente. Dobre o joelho direito e mantenha a perna esquerda esticada atrás de você.

    8. Agache. Com os pés fixos no chão e apontados para um lado, aponte o quadril para baixo, a poucos centímetros do chão.

    9. Repita com o lado esquerdo, a partir da etapa sete e voltando até a etapa um. Repita essa sequência várias veze

Via: ehow.com.br

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.