Se algo anda sugando a sua energia e felicidade, pare e leia esse texto!



Preste atenção: Se algo ainda está sugando sua energia e sua felicidade é porque você não soube tratar profundamente.

Por vidas leves, tranquilas, que sejam vividas em sua plenitude. Por vidas que encantem outras vidas e que mereçam realmente serem vividas.

É assim que tem que ser a nossa jornada. Quando carregamos problemas, fardos, situações mal resolvidas, doenças ou qualquer outra coisa que nos suga a energia por um longo período de tempo, a vida começa a perder o sentido, o encantamento, a graça.

Ok, não somos mestres em saber lidar com picuinhas, inconvenientes, problemas inesperados ou situações realmente difíceis.

Mas quando estas situações vão se arrastando e até nos acostumamos a conviver e sofrer com elas é preciso parar e entender: tem algo errado!

O pensamento de que amanhã ou depois talvez se resolva, talvez passe, quem sabe uma hora acabe ou nunca vai mudar é deprimente, angustiante.

É preciso ter plena noção de que quando algo que não nos agrada e continua nos acompanhando ou se manifestando é porque não estamos sabendo tratar profundamente ou dar atenção merecida para sua solução.

As companhias que não nos fazem bem, o emprego que nos deixa exauridos ou não consegue suprir nossas necessidades, sentimentos negativos, doenças, relações desgastadas, família complicada, compromissos além dos quais podemos ou queremos assumir. Tudo isso mina nossa energia.

É imprescindível tratar a alma, o corpo, o espírito, seja lá onde estiver o problema. Buscar ajuda, conselho, terapia, tratamento espiritual, um novo emprego, um novo amor, mudar de casa, cidade, país, dizer alguns “sins”, muitos “nãos” são opções para superarmos o estado conflitante em que nos encontramos.

Quando decidirmos nos questionar se queremos tal coisa para nossa vida ou que ela permaneça e já sabemos a resposta é hora de mudar.



E o Universo é maravilhoso porque ele nos traz respostas. Seja através de pessoas, novas oportunidades, situações em que conseguimos enxergar o que está se repetindo e levando embora nossa essência e nossas alegrias. Então, com a ajuda Dele, tratemos de trazer para a nossa vida o que nos faz plenos. E chega de uma vidinha mais ou menos. Combinado?

Mentalize: “Eu sei de mim, dos meus limites, dos meus desejos. Eu me recuso a seguir levando a vida que não sonhei. Eu decido buscar e encontrar meu novo caminho. Nada além da felicidade, amor e abundância me pertencem.”

Reconhecer situações que não nos fazem bem e tratá-las até que não mais nos incomodem é o que devemos fazer. Se elas ainda seguirem nos tirando o sono, provocando tristeza na alma e no coração é porque não persistimos.

Entenda: não é insistir. É persistir e enxergar uma nova vida. É trocar o que incomoda pelo que nos faz bem. É dizer não. É deitar na cama ou levantar pela manhã com o poder de modificar toda e qualquer situação que nos impede de viver plenos e gratos.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O segredo: morganka / 123RF Imagens






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.