3min. de leitura

Se entendermos o poder da impermanência, a vida pode ser vivida com menos sofrimento.

Acreditamos que criamos felicidade tentando controlar as circunstâncias externas. E mesmo sabendo que não é desta forma que se conquista a felicidade, continuamos querendo controlar o mundo e fazendo com que as coisas aconteçam do modo que determinamos e planejamos.


Levamos uma vida inteira para entender que nada nos pertence, nada é eterno, as coisas não duram para sempre. E às vezes muitos partem sem ter experimentado essa consciência.

Atingir essa compreensão é um trabalho diário. E se tudo flui tranquilamente, se as coisas dão certo, quando algo começa a não acontecer com tanta frequência, sofremos e queremos a todo custo reverter a situação.

Acontece que, por vezes, é possível. Outras não há mais como voltar atrás e nem tudo será como era.


Esta é a tal impermanência que tanto nos traz as coisas boas e também nos leva o que acreditávamos ser nosso.

Esta mudança a qual poucos conseguem entender, nos leva da dor ao amor, do céu ao inferno, do medo à paz, do sonho à realidade.

Em alguns momentos, tudo muda muito rápido, a transformação é repentina. Em outros, prolonga-se… e se mantém. E geralmente a percepção é de que as situações mais difíceis perduram mais.

É preciso ter noção de que tudo pode mudar e a qualquer hora, e ter coragem de viver o desapego, o desligamento de certas coisas, a falta de tanta expectativa. Quando dizem por aí “aproveite a vida, o dia”, não fizemos isso, porque estamos sempre à espera de algo melhor, diferente, surpreendente.


Não temos a verdadeira noção da dimensão da impermanência. Tudo já está mudando agora, aqui, enquanto fazemos planos.

E estes planos podem nem depender de nós. É trabalho do Universo que talvez atenda nossas vibrações, ou nem conta com nossa interferência.

Entender? Explicar? Pode ser que poucos consigam. Isto não altera em nada muitos acontecimentos, mas sofre menos quem começa a perceber o poder de deixar acontecer, de não querer mudar o mundo, as situações e as circunstâncias e viver sem precisar sofrer tanto.

_____________

Direitos autorais da imagem de capa: racorn / 123RF Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.