ColunistasReflexão

Se eu tenho carro, se moro sozinha, se tenho um diploma, isso não me define

Se eu tenho carro

Quem é você?



Se eu tenho carro, se moro sozinha, se tenho um diploma, se ganho bem, isso não me define.

Se já namorei várias vezes, se não gosto de baladas, se não faço academia e como pão todos os dias, isso não me define.

Se um dia estou com salto fino e blazer e no outro estou de tênis e casaco de moletom, isso também não me define.


Se você nunca me viu chorar, não quer dizer que eu seja forte o tempo todo. Se eu falo muito bem em público, não quer dizer que eu não sinta vergonha.

Na maioria das vezes o que vemos das pessoas é a descrição do currículo, o perfil das redes sociais, o discurso, mas isso não define quem realmente somos.

Todas as pessoas carregam um mundo inteiro dentro de si, sonhos, valores, sentimentos, experiências, condutas, intenções.

Esse mundo interior muitas vezes não é revelado no que fazemos, somos como ilhas no mar, à primeira vista, parece pequena e o que é revelado aos olhos é apenas a parte acima das águas, mas é preciso mergulhar para conhecer todo o seu conteúdo e descobrir o quão fascinante é.


O mais triste disso tudo é que nós nos acostumamos a ignorar esse mundo interior que existe em cada um, vivemos relacionamentos rasos, superficiais. Perguntar quais são os valores (virtuosos) de uma pessoa no primeiro encontro é ser íntimo demais, quando, na verdade, deveria ser pergunta prioritária.

Tiramos conclusões precipitadas, não temos tempo para longas conversas, julgamos pela foto da capa, frase do perfil.

Minha pergunta é: Quem é você?  Quais são seus sonhos, gostos, valores, o que o faz feliz, o que o deixa triste? O resto é secundário, deixe para depois, para uma segunda conversa…



Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: petarpaunchev / 123RF Imagens


Preciso confessar uma coisa: nem sempre sou forte

Artigo Anterior

Os signos do zodíaco e o casamento

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.