4min. de leitura

SE HOJE FOSSE SEU ÚLTIMO DIA, VOCÊ…

Não gosto de falar em morte, me incomoda… Adoro viver! Mas, como disse em texto recente, a vida é um sopro (CHEGA DE MIMIMI… VIVA!). Porém, o que mais me incomoda é saber que talvez só deixaríamos nossos sonhos e desejos mais profundos virem a tona, se soubéssemos que estávamos em nosso último dia.



Mas por que esperar? Não precisamos guardar o melhor champagne para o último brinde!

Vivemos em meio a convenções, nos colocamos muitas regras e na maioria das vezes temos medo da exposição e de não estar politicamente corretos. De falar o que está em nosso coração e em nossa alma. É claro que não podemos ser do tipo completamente sem noção e devemos respeito a nós e a quem está ao nosso lado. Mas podemos ter os dois, a liberdade com responsabilidade. Não somos apenas telespectadores, somos protagonistas de nossa própria vida. Por que perder vida com bicos, birras e caras feias??? Resolva e sorria!

A velha frase é forte e verdadeira, a vida é muito curta, não sabemos quando será nosso “The End”. Então, vamos fazer um combinado? Escrever capítulos “mega blaster legais”. Vamos cair mais. Escutar mais nãos. Chorar, se emocionar. Errar (Errar é humano sim senhor!) e acertar!


Dar abraços e beijos não dados e guardados… Ter conversas longas e engraçadas. Pedidos de desculpas e até perdão. Reconciliações. Ficar perto de quem ama e nos faz bem. Viajar para lugares que sempre fizeram parte de nossos sonhos. Amar loucamente nossos pares todos os dias e como se fosse a primeira vez. Nos presentear com liberdade e realizações!

Saltar de paraquedas, meditar, cantar, dançar, correr! Nos jogar no sofá e assistir ao filme preferido. Nos recompensar com pequenos e/ou grandes prazeres que podem mudar o dia, a vida! Agradecer a Deus, ao seu Deus e as suas crenças!!!!

Deixar formalidades desnecessárias de lado. Sentir o vento no rosto… Tomar banho de chuva, pisar na lama, andar descalço. Subir no salto, descer ele. Aproveitar o silêncio. Falar o que pensa, sem ferir. Olhar nos olhos. Dar-nos tempo. Ter tempo e não se incomodar com isto. Chega de tudo ser urgente. Se entregar ao sabor da vida! Colocar textura, cor, sabor, melodia, cheiro… Deixar suas mãos tremerem, o coração acelerar, as mãos suarem!


Respirar fundo, sentir o ar invadir o corpo. O cheiro de terra molhada depois de uma chuva. Admirar o pôr do sol e o calor deste astro! Eliminar os preconceitos. As regras e verdades absolutas. Tudo pode mudar! Sabe aquele café, almoço, jantar que sempre adiamos? É hora de fazer! AGORA!

Encorpar. Tocar e descobrir. Sair do automático. Nos desafiar ou não… Como li numa propaganda de carros na internet esses dias…“Transforme sua timeline em seu diário de viagem!”.

Monte o roteiro de sua maior aventura. Assim, todos os dias poderão ser o último do resto de sua vida e olha que eles poderão ser muuuuuuuuuuuuuuuitos!

Ei, vamos conversar bem de pertinho?

Por Pathy Bertão… cheia de reticências e com muita vontade de viver!

Você sabia que O Segredo está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.



Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.