4min. de leitura

SÊ O ALUNO E O MESTRE!

Um mestre não é alguém superior. É uma pessoa que transcende as barreiras de pensamento impostas pela sociedade – como achar que existem classes que nos dividem. Nada nos divide, somos um. Diferentes, mas iguais, porque vimos de uma fonte chamada Universo.


Ao aprendermos sobre a nossa parte espiritual, e como usufruir dela para vivermos a vida que viemos viver – que é uma vida abundante, livre e feliz – podemos sentir que somos superiores aos outros por pensar que sabemos mais. Isto é uma ilusão, criada pelo Ego.

Na nossa essência, continuamos a fazer parte do todo, e toda a informação é acessível por todos. Aos retornarmos à nossa essência espiritual, todos temos acesso à verdade. Uns podem aprender durante a vida, cedo ou tarde. Outros, apenas podem voltar a ter consciência disso quando deixarem o corpo físico – mas todos ficam a saber, eventualmente.

Enquanto estamos aqui, devemos ter o máximo de respeito pelas nossas (aparentes) diferenças. Um dos nossos objetivos deve ser cultivar o amor incondicional. Mesmo quando presenciamos ódio, reconhecer que a outra pessoa se encontra desconectada da sua essência, e em vez de tentarmos responder à letra e fazer justiça, apenas temos de ter compaixão pela pessoa.


Eckhart Tolle, um dos maiores pensadores da nossa época, disse no seu livro “O Despertar de uma Nova Consciência”, que se alguém nos ofende, essa é a atitude que tem consigo mesma. Já é um hábito tão treinado nela mesma, que sentiu necessidade de expressá-lo aos outros, como um grito de ajuda. A única coisa a fazer é ajudá-la, nem que seja simplesmente compreendendo o seu lado.

É esta postura de calma e compreensão a verdadeira marca de alguém que se tornou um mestre: domina as suas emoções e pensamentos, porque sabe que não são quem realmente é. Quem eu realmente sou é energia pura, um ser sábio e eterno, e estou aqui na Terra para viver uma experiência temporária.


E todos estamos no mesmo “barco”. Quer a nível físico, quer a nível espiritual. Todos estamos na Terra juntos, e todos temos a mesma missão. Que o nosso Ego não nos impeça de ver esta verdade.

Ao mesmo tempo que podemos saber a verdade sobre de onde vimos, e que somos, na nossa essência, eternos – estamos sempre a aprender. E nunca acabamos de aprender. Por isso, achar que sabemos tudo é a maior ignorância do Mundo.

Podemos ter lido muito, estudado muito, entendido todas as teorias e escolhido, na nossa opinião (mais um mal do ego, achar que é preciso chegar a uma conclusão sobre tudo e que essa é a final), qual a correta. Mas mesmo assim temos muito que aprender. Na verdade, temos informação para adquirir até à eternidade, porque vivemos num Universo em eterna expansão.

Toda a informação que já existiu e pensamentos que foram pensados existem ainda e sempre existirão, flutuando no cosmos, como energia a ser absorvida por quem quer que seja receptivo, como uma antena de rádio.

Mas novas ideias surgirão, e ideias velhas serão reinventadas. Por isso, somos eternos alunos, e mestres em ascensão.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.