Se seus músculos estão em forma, seu cérebro está em forma!

Um estudo publicado na revista “Gerontology” sugere que os músculos das pernas, se fortalecidos, podem estar relacionados a um melhor envelhecimento cerebral.

Esses achados são novos porque é a primeira vez que uma conexão tão inesperada é encontrada entre o desenvolvimento dos membros inferiores com o cérebro.



No entanto, o que tudo isso sugere é que devemos ter muito mais interesse em fazer exercícios físicos, como caminhar ou correr para alcançar um envelhecimento cognitivo saudável.

O estudo teve uma participação de 324 gêmeos idênticos, durante um período de dez horas. Seus hábitos foram monitorados junto a testes de memória, aprendizado e raciocínio lógico, que foram aplicados tanto no início, como no final do estudo.

E “o poder das pernas” prevê o envelhecimento cognitivo e a estrutura geral do cérebro.

De acordo com os resultados, o “poder” das pernas provou ser a melhor ferramenta para se ter um envelhecimento cognitivo saudável em todos os fatores medidos. Em geral, o gêmeo com as pernas mais ativas, no início do estudo, manteve melhores habilidades mentais, e maior quantidade de matéria cinzenta no cérebro.


Claire Steves, que liderou a pesquisa, disse que todos podem evitar o envelhecimento precoce a seu próprio modo, como seu organismo melhor funcionar, então, gêmeos idênticos são uma comparação muito útil, porque compartilham fatores como genética e desenvolvimento em ambientes equitativos, aspectos que não podem ser modificados na vida adulta.

Para tudo isso, há mais uma razão para correr regularmente como Forest Gump e darmos uma volta no quarteirão ou na praça mais próxima.

Tudo por um envelhecimento mais promissor do cérebro!

___________


 

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: Psyciencia

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.