3min. de leitura

Se todos os que você ajuda puxam o seu tapete, não mude. Cada um oferece o que tem por dentro!

Muitas pessoas podem não entender como funciona a “lei do dar e receber”, porque o Universo trabalha de forma cíclica, tudo volta. Portanto não mude, antes saiba lidar com a frustração, quando você espera a reciprocidade das pessoas e ela não vem.


Essa lei também é chamada de Lei do equilíbrio de troca, segundo Bert Hellinger, psicoterapeuta alemão, inventor das Constelações Familiares, em que oferecemos os nossos dons para beneficiar as pessoas e, quando a relação é equilibrada, recebemos os deles ao nosso favor!

Quando as relações não estão em equilíbrio, no fluxo natural do Universo, elas tendem ao rompimento.

De toda forma, seja grato pelo aprendizado, pela experiência, porque sendo mais intuitivo poderá identificar quem você deve manter por perto ou de quem você deve se afastar imediatamente!

“O Universo opera através de trocas dinâmicas… dar e receber são diferentes aspectos do fluxo da energia universal. Em nossa própria capacidade de dar tudo aquilo que almejamos encontra-se a chave para atrair a abundância do Universo – o fluxo da energia universal – para a nossa vida.” Deepak Chopra


Devemos avaliar se estamos satisfeitos com as trocas que fazemos, seja no trabalho, em casa, com nossos amigos ou se estamos nos sentindo lesados, sugados, anulados por eles.

Deepak Chopra, em seu livro “As sete leis espirituais do sucesso” explica que, se quisermos algo, devemos proporcioná-lo aos demais.

“O retorno é diretamente proporcional ao volume doado, quando é feito de forma incondicional e sincera. Por esse motivo o ato de dar tem que ser prazeroso. A intenção por trás deste ato deve ser a do prazer de simplesmente dar.” Deepak Chopra

Então não espere receber da mesma pessoa, mas abra-se para receber de todos os lados e de todas as formas a abundância de amor, alegria, paz e luz que o Universo quer nos proporcionar!



Direitos autorais da imagem de capa: Luciana Sena/Pexels.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.