SE VAMOS CRIAR RUGAS, QUE SEJAM DE SORRIR



Dizem que as rugas nos lembram dos lugares onde estiveram nossos sorrisos. Assim, cada dobra da nossa pele pode ser reflexo de uma alegria inesperada que, provavelmente, nem sequer nos lembramos, mas que alegrou nossas vidas nos momentos mais difíceis.

Existem marcas que guardam a beleza da passagem do tempo e das alegrias dos anos vividos. Nossos sorrisos enrugam o nosso rosto e dobram nossos olhos, exercendo grande poder e forjando uma aparência limpa e nobre que nos enche de bondade.

Assim, a invejável beleza é aquela na qual descansa pacificamente a serenidade. Isto ecoa a nossa ilimitada capacidade de sentir, aceitar e desfrutar de nossas emoções.

“Deixem-me todas as rugas. Não levem nenhuma. Custou-me uma vida inteira para criá-las.” – Anna Magnani a seu maquiador

O importante é não acrescentar anos à vida, mas vida aos anos

Nosso presente tem sido semeado com sementes do passado. Por esta razão, e uma vez que já não podemos voltar as horas no nosso relógio, é hora de transformarmos o nosso presente para em um bom futuro.

Somente nós podemos viver nossas vidas plenamente, cuidarmos e desfrutarmos de cada dia. Nós somos responsáveis ​​por lidar com nossas próprias guerras e colocarmos entusiasmo em nossas aventuras.

Temos de estar cientes de que cada sorriso irá acumular orgulho amanhã, quando olharmos para o passado.

“Anos enrugam a pele, mas apenas o abandono de entusiasmo enruga a alma. Tristeza, dúvida, autodesconfiança, medo, desespero, são anos que encurvam o coração e conduzem o espírito florescente para a escuridão.

Tenha dezesseis ou sessenta anos, sempre existe dentro de cada coração humano o impulso de maravilhar-se, de admirar-se com as estrelas, o apetite pela vida.


Choro e novo sorriso

Quando menos esperamos, tudo pode ir bem. Então, todos os dias temos em nossas mãos o a decisão de vestirmos um sorriso ou uma triste decepção. Nós determinamos o que vale a pena e o que merece a alegria em nossas vidas.

Uma pessoa não envelhece quando a pele enruga, mas quando enrugam seus sonhos e esperanças. E isso não tem nada a ver com o número de anos vividos, porque, na realidade, a soma de suas ações e seu espírito se resumem na busca de seus objetivos e ideais.



“Choro e sorriso novo. Levantei-me um dia e, sem saber o que vestir, vesti a felicidade. É o meu vestido de sorte, meu traje de gala.”

Expulse da sua mente o “não posso” e pare de se limitar por sua idade.

Porque o brilho de nosso olhar cresce e enriquece os nossos olhos, fazendo com que não percamos a ilusão de viver, mesmo que nos faltem forças. Faça com que cada ano de sua vida orgulhe sua pele e não desista do prazer de sentir o ar fresco em seu rosto.

Não permita que a amargura vença a batalha com seu desejo, olha sua vida com orgulho, sorria sempre que puder e conquiste um lugar tranquilo para dormir ao lado de sua paz interior. Lembre-se que estamos desfrutando de uma viagem sem retorno.

“Permita que a vida te enfeitice, preze memórias, e veja sua pele lembrando dos sorrisos que já aproveitou.”

 

___

Traduzido pela equipe de O Segredo

Fonte: La Mente es Maravillosa






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.