Se você continua perdoando, as pessoas se acostumam a continuar te magoando

Todos conhecemos os benefícios do perdão. Quando perdoamos alguém que nos fez mal, nós nos liberamos de todo o fardo que o ressentimento coloca sobre nossos ombros e nos preparamos para uma fase muito mais leve e feliz de nossas vidas. Precisamos adotar o perdão como uma constante em nossas vidas, e praticá-lo sempre que alguém nos fere, para o nosso próprio bem, para que não conservemos sentimentos negativos em nosso interior.



No entanto, não podemos confundir perdoar com permitir que as pessoas abusem de nossa boa vontade e prejudiquem a nossa felicidade ou qualidade de vida.

Todos nós erramos e merecemos uma nova chance de provar que melhoramos e o perdão é fundamental para a transformação da vida de alguém, mas ninguém deve abusar da capacidade de perdão do outro, ninguém tem o direito de magoar repetidamente outra pessoa apenas porque sabe que sempre será perdoado.

O perdão é um recomeço, e por isso, não quer dizer que as coisas permanecerão da mesma maneira de antes.

Se você estiver disposto a perdoar alguém, entenda que, junto ao perdão, algumas mudanças de atitude de ambas as partes podem ser necessárias, para que você não continue sofrendo com as mesmas coisas, sem nunca conseguir paz em sua vida.


Não permita que alguém torne um hábito magoá-lo, humilhá-lo e se aproveitar de sua boa vontade.

Perdoe, mas faça isso com sabedoria! Você tem todo o direito de definir novas regras, novas formas de relacionamento em que sua saúde mental e emocional seja priorizada.

Ao fazer isso, você evita as decepções e permite que a outra pessoa faça o seu melhor com a nova chance que lhe é dada.

Tenha em mente que o perdão é uma decisão que nem sempre é valorizada pelo outro. Algumas pessoas realmente não mudam suas atitudes e sempre vão decepcionar mais uma vez. Não permita que isso afete a sua vida, é uma perda de tempo nos culparmos pelos comportamentos de pessoas que não estão dispostas a viverem melhor. Ao invés de focar no outro, foque em si mesmo e em como você pode fazer para continuar aproveitando sua vida e melhorando os seus relacionamentos.


O perdão é essencial para quem o pratica, mas nem sempre será o necessário para fazer com que alguém mude seus comportamentos.

Portanto, faça sempre a sua parte, mas defina limites claros, e compreenda que perdoar não significa manter a pessoa na sua vida. Perdoar é libertar-se do peso da mágoa, e fazer o que for melhor para si mesmo, ainda que isso signifique tirar a pessoa da sua vida.

Mantenha o perdão como uma parte de sua vida, faça isso porque o ajuda a manter-se sempre saudável e feliz, mas não o confunda com dar permissão para que o machuquem. Posicione-se sobre o que é melhor para a sua vida e aja de acordo com isso.

Não sofra com coisas ou pessoas desnecessárias. Lembre-se: se você continuar perdoando deliberadamente, as pessoas se acostumarão a magoá-lo.

Coloque a sua felicidade e saúde emocional em primeiro lugar!


Direitos autorais da imagem de capa: Unsplash/Vin Stratton.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.